22 Janeiro 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalSetúbalEspanhola Elena González traduz relação entre humanos e natureza em mural nas...

Espanhola Elena González traduz relação entre humanos e natureza em mural nas Fontainhas

“Partilha de uma mensagem de paz e de felicidade de Setúbal para o mundo”, comentou Maria das Dores Meira

Transmitir uma mensagem de paz e de alerta para a importância de promover a harmonia entre a vida humana e o respeito pela natureza, é o objectivo do novo mural de arte urbana que acabou de ser pintado na zona das Fontainhas, em Setúbal.

- PUB -

São representações de fauna e flora misturadas com figuras humanas numa obra que começou a nascer na passada sexta-feira pela mão da artista espanhola Elena González, em colaboração com o realizador setubalense Pedro Estevão Semedo, numa iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Setúbal.

Ontem, pela manhã, a presidente da Câmara, Maria das Dores Meira, visitou este novo mural nas Fontainhas, criado no âmbito do Encontro pela Paz a ser assinalado na cidade a 5 de Junho, e interpretou-o como sendo a “partilha de uma mensagem de paz e de felicidade de Setúbal para o mundo”.

Com cerca de oito metros de altura e quinze metros de comprimento, este mural cuja execução ficou concluído ontem, foi pintado com a “devida autorização”, indica a autarquia, na empena de uma propriedade privada, localizada na Estrada da Graça, no sopé do Jardim Multissensorial das Energias.

- PUB -

A criação deste mural surgiu da “convergência de oportunidades”, acrescenta a mesma nota de Imprensa, que acrescenta: “A artista espanhola está de visita a Setúbal e tinha vontade de deixar a sua marca na cidade”. A ideia acabou por ser oportuna e bem aceite pela autarquia que, através da Divisão da Juventude, está a promover um conjunto de iniciativas para promover o Encontro pela Paz.

O projecto estava previamente definido e, escolhido o espaço para receber a criação na cidade, a ilustradora e muralista Elena González criou as suas personalidades e cores naquele que é o seu maior e o primeiro mural de arte urbana realizado no estrangeiro.

“Frequentemente a flora e a fauna são desrespeitadas pelos humanos através dos seus hábitos”, comenta a artista de 32 anos que contextualiza este seu mural como um trabalho que “relembra que todos temos que cuidar do planeta Terra e procurar a sua harmonia, para que nós próprios encontremos a nossa”.

- PUB -

Elena González descreve-o como “algo com humanos e não humanos a viver em harmonia entre plantas”. Aqui, os animais e plantas são representados maiores que os humanos, isto porque a artista almeja “um mundo fantástico e utópico, onde todos os seres têm a mesma importância e onde nenhum humano explora outro ser, humano ou não”.

Natural de Salamanca e a viver em Madrid, a artista que se apresenta com a assinatura Ele.Zissou, reforça o alerta: “O amanhã está quase aí, mas ainda há tempo. E o agora é uma oportunidade para encarar o futuro do ambiente com uma visão positiva e comprometida”.

O novo mural na zona das Fontainhas, cuja execução contou com vários apoios e está enquadrada no âmbito do projecto municipal Setúbal Mais Bonita, materializa mais um “contributo para o embelezamento urbano da cidade”, constituindo, em simultâneo, “uma mais-valia do ponto de vista de atracção turística”, afirma a presidente do município.

Maria das Dores Meira anunciou que a zona envolvente ao mural recebe, em breve, renovada atractividade. “A artista internacional vai voltar a Setúbal para executar um novo trabalho de arte urbana, com o objectivo de tornar este local mais aprazível”.

Além da presidente da Câmara Municipal de Setúbal, participaram na visita de ontem os vereadores da autarquia Pedro Pina e Ricardo Oliveira.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pinhalnovense sem jogadores para jogar fez falta de comparência

A 12.ª jornada do Campeonato de Portugal ficou marcada pela falta de comparência do Pinhalnovense no jogo que deveria disputar em casa com o...

Entrada de luxo dos sadinos foi segredo para vencer U. Santarém e subir ao 2.º lugar

Varela (bisou) e Zequinha fizeram os golos desta quinta-feira no Bonfim

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -