16 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroPS fecha listas de candidatos aos órgãos autárquicos do Barreiro

PS fecha listas de candidatos aos órgãos autárquicos do Barreiro

As seis listas englobam um total de 180 nomes, com 70 independentes e 49% de mulheres. Frederico Rosa, André Pinotes Batista e actuais presidentes de junta voltam a ir a votos

 

- PUB -

O PS Barreiro anunciou ontem que já completou a escolha dos candidatos das seis listas que vai apresentar nas eleições deste ano ao concelho. “Com a designação destes 180 candidatos esta estrutura é uma das primeiras do País a fechar o seu processo”, realça o gabinete de comunicação da estrutura local socialista, em comunicado.

“Numa reunião marcada pelo sentimento de dever cumprido, pela emoção de ter honrado a palavra dada aos barreirenses e pela determinação em fazer crescer ainda mais o Barreiro, o PS escolheu, por avassaladora maioria, o actual presidente da Câmara Municipal, Frederico Rosa, como [re]candidato às eleições autárquicas de 2021”, revela o PS, que confirma ainda as recandidaturas dos actuais presidentes dos restantes órgãos autárquicos.

“A actual presidente da União de Freguesias [UF] de Palhais e Coina, Naciolinda Silvestre, foi eleita por unanimidade e, deste modo, juntar-se-á aos também candidatos André Pinotes Batista (actual presidente da Assembleia Municipal), Carlos Raposinho Santos (presidente da UF de Alto do Seixalinho, Santo André e Verderena), Gabriela Soares (presidente da UF de Barreiro e Lavradio) e Isabel Ferreira (presidente da Junta de Freguesia de Santo António da Charneca)”. A “novidade” é a integração de Naciolinda, que em 2017 conquistou a junta como independente.

- PUB -

As apostas, vincam os socialistas, recaem “em quem nos últimos quatro anos executou um trabalho de excelência”. Ainda assim, houve também lugar a uma “renovação e abertura à sociedade civil”, entre os 180 nomes escolhidos.

“No Barreiro, talvez por focarem energias em campanhas sujas, perfis e ‘jornais’ que propagam notícias falsas, algumas forças políticas têm dificuldade em encontrar candidatos ou dividem-se nas lutas por lugares”, atira na mesma nota André Pinotes Batista, que preside também ao PS Barreiro. Ao mesmo tempo, o líder local dos socialistas destaca a conclusão do processo, feita “com antecedência, solidariedade e coesão”.

Abertura à sociedade civil, igualdade de género e aos jovens

- PUB -

O PS salienta também que as escolhas englobam um total de “70 independentes, que configuram uma enorme abertura das listas à sociedade civil”.

“O nosso empenho em continuar a fazer avançar o Barreiro é total e para esse efeito não abdicamos do melhor traço da sociedade barreirense: a capacidade de se mobilizar para fazer. A adesão de simpatizantes e independentes, que no passado apoiaram outras soluções políticas, é para mim um enorme motivo de satisfação”, admite Frederico Rosa, citado no comunicado. De resto, para o candidato à presidência da Câmara Municipal “o facto de 40% das listas serem compostas por cidadãos sem filiação partidária é histórico e fará uma enorme diferença”.

Cerca de 30% dos 180 candidatos são “jovens com 35 ou menos anos, numa média de idades global de 44 anos”, avançam os socialistas, que salientam o cumprimento “quase absoluto” da igualdade de género na composição global das listas – “51% de homens e 49% de mulheres”.

“A aposta em três mulheres, num total de seis lugares de liderança, fará do Barreiro um dos concelhos a nível nacional com maior igualdade no acesso a posições de decisão e liderança”, lembra André Pinotes Batista, sem deixar de estabelecer um paralelismo com os dois principais partidos da oposição. “No momento em que PCP e PSD apresentam os mesmos candidatos de há 16 anos, o PS apresenta uma enorme renovação. Não é razoável acreditar que os rostos das últimas duas décadas sejam uma boa opção para fazer andar o Barreiro para a frente”, dispara, a concluir.

Frederico Rosa: “Responderemos com ideias altas a ataques baixos”

Frederico Rosa promete fazer uma campanha marcada pela elevação. Disso mesmo deu conta na reunião máxima do PS Barreiro, realizada na passada quarta-feira. E até pediu contenção às hostes socialistas.

“Há quatro anos fizemos uma campanha positiva, em que apresentámos as nossas ideias sem falar mal de ninguém e os resultados estão à vista. Sempre que nos lançarem ataques baixos, nós responderemos com ideias altas. Peço-vos que, dentro do que vos for possível, ignorem a campanha negra que já se iniciou”, apelou o cabeça-de-lista, que reforçou de seguida: “Não podemos desperdiçar nenhuma energia com baixa política, todo o nosso foco deve estar centrado em fazer crescer a nossa terra”. Na reunião, ficaram definidos “os coordenadores do programa eleitoral, a direcção de campanha, o responsável financeiro e a equipa de coordenação do processo jurídico”. A finalizar, o PS revela ainda que “todas as listas foram aprovadas, por sufrágio universal directo e secreto, acolhendo entre 95 a 100% dos votos expressos”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -