10 Maio 2021, Segunda-feira
- PUB -
Início Local Sesimbra Movimento Sesimbra Unida apresenta cabeças-de-lista às autárquicas

Movimento Sesimbra Unida apresenta cabeças-de-lista às autárquicas

Descentralização e aumento de competências é principal bandeira do movimento independente

 

- PUB -

Hélder Gaboleiro, candidato à Câmara Municipal de Sesimbra, João Albuquerque, à Assembleia Municipal, Ema Fuzeta, à Junta de Freguesia da Quinta do Conde, Sofia Mendes, à Junta de Freguesia de Santiago, e Tiago Ezequiel, à Junta de Freguesia do Castelo, são os cinco cabeças-de-lista do Movimento Sesimbra Unida para estas autárquicas.

“O Movimento Sesimbra Unida sempre defendeu e continua a defender que a delegação de competências da administração central para as autarquias é uma mais-valia para as populações, face à proximidade entre o órgão decisor e os destinatários, permitindo assim uma melhor e mais rápida avaliação das necessidades e uma mais eficiente afectação dos recursos humanos, financeiros ou outros”, começa por dizer Hélder Gaboleiro, candidato à Câmara Municipal de Sesimbra pelo Movimento Sesimbra Unida, a O SETUBALENSE. “O executivo CDU sempre as rejeitou com o argumento de que, com o aumento de competências, o Governo não atribui as respectivas verbas e o MSU entende que será mais fácil reivindicar tendo a competência”, continua.

O movimento independente surgiu há oito anos, tendo-se candidatado às eleições em 2013, num projecto liderado por Carlos Sargedas, o seu fundador. Neste primeiro ano, conseguiram, no seu entender, “um excelente resultado”, com eleitos nas três freguesias e na Assembleia Municipal. Quatro anos depois, duplicaram a votação na Quinta do Conde e mantiveram a presença nas restantes freguesias e na Assembleia Municipal. “Já conto com oito anos a defender desta forma os interesses da população da Quinta do Conde e entendemos agora que é altura de poder defender não apenas os interesses dos quintacondenses mas de todos no concelho. Chegou a altura de dar voz ao cidadão”, afirma.

- PUB -

O grupo enfrenta desta vez “desafios diferentes”. No ano passado foi aprovada uma lei que regula a criação e actuação de movimentos de cidadãos. “O nosso movimento, se quiser, com a actual lei, pode concorrer como Movimento Sesimbra Unida à Câmara Municipal e à Assembleia Municipal”, explica. “Se quiser concorrer, e irá fazê-lo, para as três freguesias, terá de criar mais três movimentos. Se a lei não for alterada, quando for tempo de recolher assinaturas para as freguesias, teremos de explicar claramente às pessoas que estas são as caras que estiveram no movimento mas por estas razões não podemos concorrer como movimento único.

O nosso movimento chama-se Sesimbra Unida e nesse caso teremos de o partir”, partilha, esclarecendo que “só depois de o tribunal aprovar a nossa candidatura podemos dizer que somos candidatos, até lá somos candidatos a candidatos” e garantindo que “independentemente das regras que nos possam pôr, o MSU irá manter a sua identidade e apresentar-se como movimento de cidadãos”.

Neste momento, o Movimento Sesimbra Unidade já se encontra a recolher assinaturas, com todas as medidas de segurança necessárias, e assegura que a sua campanha se vai pautar “por muita responsabilidade social” porque “somos, acima de tudo, cidadãos”, remata.

- PUB -

CANDIDATOS

Tiago Ezequiel

Candidato à Junta de Freguesia do Castelo | 42 anos | Consultor imobiliário

“Ingresso neste projecto com toda a paixão pela minha terra e por querer o melhor para toda a sua população”.

Ema Fuzeta

Candidata à Junta de Freguesia da Quinta do Conde | 51 anos | Professora

“Acredito no MSU, um movimento independente e capaz de fazer mais e melhor pela Quinta do Conde e pelo concelho”.

Hélder Gaboleiro

Candidato à Câmara Municipal de Sesimbra | 40 anos | Agente de Seguros

“Iniciei este percurso na Assembleia de Freguesia da Quinta do Conde e aceitei agora o desafio de concorrer a presidente da Câmara Municipal para poder corresponder ao que o concelho de Sesimbra e seus habitantes precisam e merecem, com visão, honestidade, transparência, dedicação e rigor. Acredito que o importante não é quem promete mais mas sim o quanto cumpre. Quero para o concelho o mesmo que quero para mim, o melhor”.

João Albuquerque

Candidato à Assembleia Municipal de Sesimbra | 37 anos | Bancário

“Sendo a Assembleia Municipal o órgão de discussão e apreciação das grandes linhas políticas do concelho e o fiscalizador do executivo municipal, foi com enorme sentido de missão que aceitei o desafio do MSU para dar o meu contributo neste projecto ambicioso na defesa dos interesses da população do concelho”.

Sofia Mendes

Candidata à Junta de Freguesia de Santiago | 46 anos | Radialista

“Estou neste projecto por querer contribuir para o desenvolvimento de Sesimbra e da Freguesia de Santiago. E pelo próprio desafio do MSU, um movimento independente que quer o melhor para o concelho e responder às necessidades dos munícipes. Uma luta pelo bem comum”.

- PUB -

Mais populares

Barcos da Transtejo/Soflusa param travessia do Tejo a 20 de Maio

Na reunião de hoje com a administração da empresa, e conforme o que tinha sido decidido em plenário de trabalhadores da semana passada, o...

Sindicato não aceita aumentos de salários propostos pela administração da Autoeuropa

Administração da fábrica da Volkswagen em Palmela quer acordo que prevê aumentos salariais a três anos em função da taxa de inflação, sindicato contesta

Empresa dedicada à comercialização de canábis chega a Setúbal com nova unidade no parque BlueBiz

Espaço servirá para pós-colheita da planta medicinal. Produtora escolheu a cidade sadina “por possuir excelentes acessibilidades e oferecer flexibilidade nas suas instalações”   A empresa Clever...
- PUB -