23 Abril 2024, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaPalmela avança com investimentos de mais de dois milhões de euros

Palmela avança com investimentos de mais de dois milhões de euros

Requalificação do Jardim de Cabanas adjudicada. Construção de sistema de esgotos prestes a arrancar no Pinhal Novo

 

- PUB -

Mais de dois milhões de euros é o valor global de cinco obras promovidas pela Câmara Municipal. Duas estão já a decorrer (Monte Francisquinho e redução de perdas de água em Palmela), uma prestes a arrancar, uma adjudicada e outra lançada a concurso.

Acabada de ser adjudicada, por €242.650, foi a requalificação do Largo Melo e Castro, vulgo Jardim de Cabanas, em Quinta do Anjo, para estar pronta dentro de 120 dias (em Junho próximo). A obra “inclui a remodelação do Espaço de Jogo e Recreio”, que dará lugar a “um espaço inclusivo, com equipamento adaptado a todas as crianças e jovens”, indica a autarquia. A intervenção engloba ainda “a remodelação da iluminação, o reforço da arborização e do estacionamento automóvel”.

Lançada a concurso, por €249.736, está a infra-estruturação da Quinta dos Farias (loteamento L11/99), em Pinhal Novo. Trata-se de uma intervenção inacabada pelo promotor urbanístico e que o município vai suportar. Construção de redes e instalação de equipamentos de energia eléctrica, redes de telecomunicações, instalação de tampas e de válvulas na rede de abastecimento de águas são, entre outros, os trabalhos a realizar.

- PUB -

Na mesma urbanização, frisa a autarquia, arranca “em breve a construção do sistema elevatório de esgotos, adjudicada por €173.638”, que permitirá “a ligação de zonas adjacentes recentemente infra-estruturadas à rede de esgotos”.

Redução de perdas de água

Em curso, além da reabilitação do Monte Francisquinho (ver peça ao lado), está já a obra para “melhoria, controlo e redução de perdas de água” na rede do sistema de abastecimento da vila de Palmela.

- PUB -

“A empreitada consiste na instalação de sistemas de medição por controlo de telemetria em 47 locais, para detectar consumos excessivos e perdas de água na rede”, explica a edilidade. A obra, que engloba outras intervenções em simultâneo, foi iniciada no passado dia 26 de Novembro e é para estar concluída até ao final de Agosto (270 dias).

Esta operação representa um investimento de 360 mil euros, comparticipado em 40% ao abrigo de uma candidatura do município ao POSEUR.

- PUB -

Mais populares

Árvore da Liberdade nasce no Largo José Afonso para evocar 50 anos de Abril

Peça de Ricardo Crista tem tronco de aço corten, seis metros de altura e cerca de uma tonelada e meia de peso

Cravo humano ‘nasce’ no areal da Praia de Albarquel

Cerca de quatro centenas de trabalhadores da autarquia juntaram-se após uma caminhada de três quilómetros

Cadáver em “avançado estado de decomposição” encontrado na zona da Comporta

Capitão do Porto de Setúbal invocou o segredo de justiça para não avançar pormenores sobre a ocorrência
- PUB -