8 Maio 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Setúbal Paróquia de Nossa Senhora da Conceição já proporcionou saúde oral a 2...

Paróquia de Nossa Senhora da Conceição já proporcionou saúde oral a 2 mil pessoas pobres

Ajudar as pessoas a reconquistarem saúde e autoestima nomeadamente na procura e obtenção de emprego

 

- PUB -

A Clínica Social Dentária criada pela paróquia de Nossa Senhora da Conceição, em Setúbal, para a população mais carenciada já ajudou 2 200 pessoas desde que abriu no edifício da Igreja, em 2015, e continua a ter grande procura. “Neste momento temos uma lista de espera permanente, embora não exceda os 15 dias”, diz o padre Constantino Alves, pároco na freguesia de São Sebastião.

A funcionar em voluntariado, com quatro médicos por dia, a clínica presta todo o serviço de saúde oral e já atendeu a “7 mil procedimentos continuados de tratamento”, tendo sindo ainda “feitas mais de 300 próteses, metade delas completas”, diz o padre que vinca ser esta uma resposta para “servir os pobres”.

No projecto estão envolvidos 32 voluntários que, com o seu trabalho, ajudam as pessoas mais fragilizadas económica e socialmente a reconquistarem a sua autoestima, nomeadamente na procura e obtenção de emprego.

- PUB -

“Na paróquia procuramos colocar os pobres no centro da nossa acção pastoral, a todos os níveis”, referiu o padre Constantino Alves, à Agência Ecclesia.

A Clínica Social Dentária, que conta também com o apoio de algumas instituições, tem por objectivo colmatar a falta de respostas oficiais na área da saúde oral, para a população que não consegue responder aos elevados preços destas consultas e intervenções necessárias.
Assim, os serviços prestados têm um custo “que pode oscilar entre os 5 e os 10 euros, em alguns casos poderá ser um pouco mais ”, sendo este valor sempre calculado consoante o rendimento do agregado familiar, indicado por um diagnóstico feito pela paróquia a cada família, refere o pároco.

“Com excepção de uma pessoa, a Clínica é composta por voluntários, 11 médicos voluntários de diferentes locais – Barreiro, Alentejo, Lisboa, Almada, Setúbal – assim como os assistentes”, explica o padre Constantino Alves, que realça a “alegria” dos utentes depois do tratamento, que lhes permite ganhar “autoestima” e com a saúde oral normalizada, obter emprego.

- PUB -

“Temos casos de pessoas que conseguiram trabalho depois de acompanhados na saúde oral: hoje, em certos serviços, olha-se imediatamente para a boca das pessoas e com uma saúde oral deficiente ficam quase excluídas”, destaca.

Com o preço, mesmo que muito baixo, das consultas e tratamentos e muito através de doações de particulares, o padre Constantino Alves pode dizer que a obra desta clínica “não causa dívida financeiras. Não recebemos apoios nem da autarquia, da Junta de Freguesia ou do Estado; temos uma única dívida: a de gratidão aos 32 voluntários”, afirma.
A Clínica Social Dentária funciona de segunda a sexta-feira, entre as 10h00 e as 18h30 na Igreja Nossa Senhora da Conceição, na Avenida Bento Jesus Caraça.

Com Agência Ecclésia

- PUB -

Mais populares

Barcos da Transtejo/Soflusa param travessia do Tejo a 20 de Maio

Na reunião de hoje com a administração da empresa, e conforme o que tinha sido decidido em plenário de trabalhadores da semana passada, o...

Sindicato não aceita aumentos de salários propostos pela administração da Autoeuropa

Administração da fábrica da Volkswagen em Palmela quer acordo que prevê aumentos salariais a três anos em função da taxa de inflação, sindicato contesta

Empresa dedicada à comercialização de canábis chega a Setúbal com nova unidade no parque BlueBiz

Espaço servirá para pós-colheita da planta medicinal. Produtora escolheu a cidade sadina “por possuir excelentes acessibilidades e oferecer flexibilidade nas suas instalações”   A empresa Clever...
- PUB -