4 Dezembro 2021, Sábado
- PUB -
InícioLocalAlcácer do SalExecutivo CDU indignado com comunicado do PS que “responsabiliza” a Câmara pela...

Executivo CDU indignado com comunicado do PS que “responsabiliza” a Câmara pela tragédia da covid

Vitor Proença diz que foi um ataque de “abutres da política” e no dia em que a cidade “estava de luto” pelo funeral de uma conhecida figura da terra, vítima da doença

 

- PUB -

O executivo municipal de Alcácer do Sal envolveu-se hoje numa intensa discussão, durante a reunião de Câmara, com a maioria CDU a acusar os vereadores do PS de estarem associados à publicação de um comunicado, no Facebook, que o presidente classifica como um ataque à autarquia.

“Trata-se de uma posição publica acusando a Câmara Municipal de ser a responsável pelos mortes e infectados de covid”, disse Vitor Proença, considerando que se trata de uma “monstruosidade”, “uma podridão” de “autênticos abutres da política”. O autarca comunista apontou o dedo aos vereadores do PS, dizendo que fizeram “gosto” nessa publicação.

Na resposta, a vereadora socialista Clarisse Campos não negou tratar-se de uma posição do partido, afirmando que Vitor Proença abriu um precedente. “Se, a partir de agora, for prática do senhor presidente trazer a reunião de Câmara comunicados de partidos vamos ter, seguramente, muitos [casos]”, disse a eleita do PS. Clarisse Campos argumentou ainda que no passado não foi discutido, em reunião municipal, um comunicado da CDU em que eram visados vereadores do PS.

- PUB -

Vitor Proença respondeu que a diferença é que desta vez o ataque foi “ao órgão institucional Câmara Municipal” e não a vereadores e que os eleitos comunistas, sobretudo ele próprio, tem sido atacados em comunicados do PS e que não respondem nas reuniões de câmara.

Na posição que indignou a maioria CDU, é questionada a actuação da autarquia relativamente à pandemia, designadamente o investimento em iluminação e eventos de celebração do Natal.

Vitor Proença leu e comentou algumas das principais frases do comunicado em causa, sublinhando, quanto aos eventos e à iluminação de Natal que se tratou de um esforço pela animação do comércio e do estado de espírito da população em geral. O autarca comunista defendeu ainda que a oportunidade para a critica a essas iniciativas teria sido logo na altura e não agora quando a “cidade está de luto”.

- PUB -

O presidente da Câmara fez questão de notar que a publicação foi feita na “sexta-feira [passada], dia de profundo luto, dia do funeral de Sousa Caria”, figura conhecida da terra, vítima de covid.

A posição comunista foi sublinhada com a intervenção de todos os outros eleitos da CDU na vereação.

Manuel Vitor de Jesus referiu que “tudo” o que a autarquia fez no Natal “teve o aval, foi validado, pela delegada de saúde”, e que “não foi por dois ou três passeios no galeão que esta tragédia aconteceu”. O vice-presidente da Câmara acrescentou que foi o Governo quem decidiu dar maior abertura no período natalício. “Então, no país, o responsável pelo que está a acontecer foi o Governo?”, questionou Vitor Jesus, para atirar aos vereadores da oposição: “É lamentável que o PS tenha feito aquele comentário. Não se aproveitem da morte e do drama.”

Nuno Pestana afirmou que no Natal os eleitos do PS “também participaram em eventos”, designadamente na vila do Torrão.

“Se eu quisesse ser tão baixo quanto vocês, diria que, se aquelas 126 vacinas que foram roubadas na Segurança Social de Setúbal, tivessem vindo para Alcácer, para vacinar as pessoas dos lares, talvez a tragédia fosse menor”, disparou o vereador comunista.

Por fim, Ana Luísa Soares, adjectivou o comunicado de “horrível” e “abjecto”. “Estamos a viver uma situação dramática no concelho. Ainda ontem [quarta-feira] morreu a mãe de um funcionário da Câmara e há dias tinha morrido o pai.”, concluiu.

Município apoia a associação Cantinho da Milú com 1500 euros

Na reunião de Câmara de ontem foi aprovada a atribuição de um apoio financeiro à associação Cantinho da Milú, no valor de 1.500,00 euros. Esta associação, com sede em Setúbal e a operar desde 2011, desenvolve actividades de interesse público, como sensibilização e educação cívica, com o incentivo à adopção responsável e à esterilização, como forma de reduzir o excesso de animais errantes. Segundo a autarquia, o cantinho da Milú alberga actualmente mais de 700 cães e está a “apoiar activamente o Município de Alcácer, tendo recebido 25 cães provenientes do Canil Municipal só nos últimos dois anos”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -