5 Dezembro 2021, Domingo
- PUB -
InícioLocalSetúbalEuropa reconhece Politécnico de Setúbal com pontuação máxima para abraçar programa Erasmus+

Europa reconhece Politécnico de Setúbal com pontuação máxima para abraçar programa Erasmus+

Documento acredita instituição para participação no programa europeu entre 2021 e 2027

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) viu recentemente aprovada, pela Comissão Europeia, a sua Carta Erasmus para o Ensino Superior (ECHE), documento que acredita a instituição para uma participação alargada no programa Erasmus+ para o período 2021-2027 e que obteve a pontuação máxima (100/100).

- PUB -

Segundo o relatório de avaliação, a estratégias de internacionalização e de modernização institucional do IPS revelam-se completamente alinhadas com os princípios do programa europeu, cumprindo na íntegra os três grandes critérios estabelecidos, nomeadamente a relevância da Declaração de Política Erasmus (EPS – Erasmus Policy Statement) proposta, a adesão aos princípios da ECHE e respetiva implementação prática e a qualidade da estrutura de gestão de suporte às ações de mobilidade e de cooperação previstas.

Na candidatura aprovada, o IPS compromete-se a prosseguir com a sua meta de afirmação como “comunidade aberta e internacional, apostada no fortalecimento da interculturalidade, internacionalização e alianças internacionais como via para a plena formação dos seus estudantes e a transformação da sua região”, dando continuidade a uma estratégia assente no “desenvolvimento de investigação aplicada, de metodologias educativas ativas e de apoio à inovação, num ambiente que se pretende internacional, interdisciplinar, intercultural, intersectorial e inclusivo”.

Para o cumprimento destes objetivos, concorre naturalmente, com um papel considerado central, o facto de o IPS integrar a aliança Universidade Europeia E³UDRES² (Engaged European Entrepreneurial University as Driver for European Smart and Sustainable Regions), em consórcio com outras cinco instituições de ensino superior (IES), da Áustria, Bélgica, Hungria, Letónia e Roménia. O projeto, que arrancou oficialmente em outubro último, foca-se no desenvolvimento inteligente e sustentável das regiões de influência de cada uma das IES envolvidas, através, nomeadamente, do desenvolvimento de investigação aplicada às necessidades dos atores regionais.

- PUB -

Na Carta Erasmus aprovada com classificação máxima, o IPS compromete-se também a participar em todas as ações Erasmus+ previstas nas tipologias para 2021-2027, em áreas tão diversas como mobilidade internacional, digitalização e educação a distância, internacionalização em casa, parcerias e projetos internacionais, formações conjuntas e competências linguísticas.

Alinhado com os novos princípios do programa, o IPS elenca igualmente vários contributos no que respeita, por exemplo, à implementação de uma política de não discriminação, transparência e inclusão, à digitalização dos processos de gestão de mobilidade, ao desenvolvimento de práticas ambientalmente sustentáveis, à promoção de uma cidadania ativa e ao reconhecimento automático de créditos.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -