26 Fevereiro 2024, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalUnião de sindicatos de Setúbal acusa Carl-Zeiss de ameaçar funcionários

União de sindicatos de Setúbal acusa Carl-Zeiss de ameaçar funcionários

Estrutura sindical da CGTP-IN diz que a empresa ameaçou trabalhadores com processos disciplinares caso falem à Imprensa

 

- PUB -

A Comissão Executiva da União dos Sindicatos de Setúbal/CGTP-IN acusa a administração da Carl-Zeiss de tentar intimidar os trabalhadores, face à greve prevista ocorrer entre amanhã, 31, e 4 de Janeiro.

“Em comunicado dirigido hoje [quarta-feira] aos trabalhadores, a empresa tenta intimidá-los e silenciar a sua luta, pois ao ameaçar com processo disciplinar quem fale à Imprensa sobre a Carl-Zeiss e as razões da greve, achando que a greve é lesiva da imagem e do bom nome da empresa, está a procurar impor a lei da rolha e a silenciar a justa luta e reivindicação dos trabalhadores”, acaba de revelar, em comunicado, a estrutura sindical.

“O que se impõe é que a empresa deixe de emitir comunicados com cariz intimidatório e corresponde às reivindicações dos trabalhadores, evitando assim o recurso à greve”, adianta União dos Sindicatos de Setúbal/CGTP-IN.

- PUB -

A estrutura sindical lembra que na origem da greve está “a reivindicação de aumentos salariais e a alteração de horários para o regime de laboração contínua”.

- PUB -

Mais populares

Suspeito de morte de menino em Setúbal será tio da criança

Homem está identificado pelas autoridades e colocou-se em fuga. Disparo de caçadeira terá sido feito para assustar rival

Grupo distrai funcionários de banco em Palmela e furta dinheiro em caixa

Seis estrangeiros, cinco homens e uma mulher, são procurados pela GNR depois de crime que decorreu pelas 13h30

Menino de sete anos morre após ser baleado em Setúbal

Neto e avó foram atingidos a tiro de caçadeira no Bairro da Bela Vista. Disparo veio de carro em andamento. Alvo seria o pai da criança
- PUB -