5 Dezembro 2021, Domingo
- PUB -
InícioÚltimasCOVID-19 | Profissionais do Centro Hospitalar Barreiro Montijo começaram hoje a ser...

COVID-19 | Profissionais do Centro Hospitalar Barreiro Montijo começaram hoje a ser vacinados

A equipa (na foto acima) que administrou as primeiras vacinas aos profissionais da unidade de saúde: os enfermeiros Isabel Silva, Márcio Pires, Andreia Marques e Rui Serra

 

- PUB -

O Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) começou hoje, pelas 9h40, a campanha de vacinação contra a Covid-19 junto dos profissionais de saúde, com elementos do serviço de pneumologia, destacando-se a adesão “na ordem dos 95%”.

Sem indicar o número de profissionais de saúde que vão ser vacinados nesta primeira fase, fonte do CHBM, indicou que ao longo dos próximos dias vão ser vacinados, “de forma massiva, vários profissionais da instituição” referiu estar previsto que a campanha continue na próxima semana, aquando da recepção do segundo lote de vacinas.

Os primeiros três profissionais a receberem a vacina contra a Covid-19 integram o serviço de pneumologia, que é “a primeira enfermaria do CHBM a internar doentes infectados pelo SARS-CoV-2 e que de forma contínua tem recebido estes doentes desde o início da pandemia em Portugal”.

Luísa Barbosa (enfermeira) Amália Nunes (assistente operacional) e Elvira Camacho (directora do Serviço de Pneumologia) foram as primeiras a ser vacinadas no CHBM
- PUB -

Na perspectiva da directora do Serviço de Pneumologia, Elvira Camacho, a vacina contra a Covid-19 “representa um grande avanço na ciência médica e é a prova de que a união faz a força”, pelo que a vacinação “é o início de uma esperança e vai ser muito importante para a sociedade e para o mundo, no sentido de reduzir o número de mortos e, principalmente, a gravidade da doença a nível respiratório”.

Vacinação também arrancou em Setúbal e Almada

A vacina contra a Covid-19 começou também hoje ser administrada em Setúbal, no Hospital de São Bernardo, e em Almada, no Hospital Garcia de Orta, conforme O SETUBALENSE noticiou ontem.

No São Bernardo, começaram a ser administradas as vacinas aos profissionais de saúde do hospital do Centro Hospitalar de Setúbal (CHS), designadamente a médicos e enfermeiros da Unidade de Cuidados Intensivos, Medicina Interna, Infecciologia, Pneumologia e dos laboratórios que trabalham com o vírus.

- PUB -

A vacinação estava prevista ter lugar em seis gabinetes no Hospital de Dia de Infecciologia – nos pré-fabricados instalados na zona do antigo heliporto – e à média de seis vacinas por gabinete por hora. A este ritmo, a estimativa apontava para aplicação de 36 vacinas por hora, das 9 até às 19 horas desta terça-feira.

Já no Garcia de Orta, a vacinação foi planeada para “três dias”, a partir de hoje e até 31 de Dezembro, anunciou o Gabinete de Comunicação daquela unidade hospitalar, que apontou a previsão de vacinar “pelo menos 500 profissionais das diferentes carreiras” . A prioridade é “administrar a vacina aos que estão na prestação directa de cuidados a doentes positivos para a infecção por SARS-CoV-2”.

Ainda de acordo com a mesma nota do Gabinete de Comunicação do Hospital Garcia de Orta, até ao próximo dia 31, vão ser “vacinados os profissionais que reúnam os critérios definidos no Plano de Vacinação para a Covid-19 e os que declararam pretender vacinar-se, na sequência de um processo de auscultação interna que a instituição tem vindo a promover”.

A pandemia de Covid-19 provocou, em Portugal, 6.677 mortos dos 396.666 casos de infecção confirmados, segundo o boletim mais recente da Direcção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detectado no final de Dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Com Lusa

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -