5 Dezembro 2021, Domingo
- PUB -
InícioLocalSetúbalEscola de Saúde do IPS celebra duas décadas de “elevados níveis de...

Escola de Saúde do IPS celebra duas décadas de “elevados níveis de procura”

Comemorações assinaladas com iniciativas que envolvem a comunidade e parcerias locais, nacionais e internacionais

 

- PUB -

A Escola Superior de Saúde do Instituto Politécnico de Setúbal (ESS/IPS) celebra este ano lectivo o seu 20.º aniversário e, além do lançamento da marca “20 anos pela Saúde”, existe ainda uma série de iniciativas, maioritariamente online, que envolvem a comunidade e parcerias locais, nacionais e internacionais.

As comemorações já arrancaram e o director da ESS/IPS, António Manuel Marques, destaca, de entre muitas conquistas ao longo dos anos, a capacidade que a escola mostrou em “manter sempre elevados níveis de procura”. Acrescenta ainda que a capacidade referida é “especialmente significativa nos cursos em que existem ofertas concorrentes na região e no País e ainda um indicador da qualidade das formações e do prestígio da escola”.

Os responsáveis da ESS/IPS consideram, igualmente, que o estabelecimento de ensino se destaca e se distingue por dinâmicas de inovação, concretizadas nas criações, por exemplo, dos mestrados em Fisioterapia e Enfermagem, que, segundo o seu director, “evidenciam a capacidade de a escola se associar a outras instituições de Ensino Superior, para oferecer formações de grande qualidade e elevada procura”.

- PUB -

“A necessidade de realizar investigação, associada aos cursos e a temas úteis à comunidade, está plenamente integrada na ESS/IPS, o que representa uma adesão à visão crescente de que o subsistema politécnico não deve cingir-se ao ensino, nem ser subalterno do subsistema universitário”, frisou António Manuel Marques.

A construção de um novo edifício próprio para a Escola Superior de Saúde foi já um dos assuntos discutidos na Assembleia da República por vários partidos, e o director da escola assume que a situação tem já bastantes constrangimentos. Face à promessa deixada pelo ministro Manuel Heitor de que o projecto das novas instalações será incluído no próximo quadro comunitário: o director da ESS/IPS mostra-se prudente.

“A dinâmica e as aspirações da ESS/IPS colidem, cada vez mais, com a exiguidade e desadequação dos espaços físicos disponíveis. A permanente acuidade na gestão do que dispomos face ao que temos e queremos fazer é, só por si, consumidora de energias e de tempo. Sem darmos conta, coarctamos vontades e iniciativas por sabermos que será extremamente exigente ou mesmo impossível dar-lhes realidade”, lamenta sobre o facto de as actividades lectivas ocorrerem de forma dispersa por todo o campus de Setúbal.

- PUB -

 

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -