14 Abril 2021, Quarta-feira
- PUB -
Início Local Santiago do Cacém ASAE faz doação de peças de vestuário contrafeito à Misericórdia de Santiago...

ASAE faz doação de peças de vestuário contrafeito à Misericórdia de Santiago do Cacém

Este ano a Autoridade da Segurança Alimentar e Económica já distribuiu em todo o país mais de 10 mil peças de vestuário contrafeito

A Autoridade da Segurança Alimentar e Económica (ASAE) doou peças de vestuário contrafeito e apreendido à Santa Casa da Misericórdia de Santiago do Cacém. Esta foi a 41.ª doação levada a cabo em 2020 pela ASAE e abrangeu também o Centro Social e Paroquial de Vila Nova da Baronia, em Beja, assim como o Estabelecimento Prisional de Évora.

- PUB -

Estas doações abrangeram “634 peças no valor de 124 mil euros”, segundo confirma a ASAE. Uma pequena parte do total de mais 10 mil peças de vestuário contrafeito que este ano já foram doadas pela entidade em todo o país.

Pedro Portugal Gaspar, inspector-geral da ASAE, refere que as peças doadas “são essencialmente vestuário que resulta das apreensões e, depois, no âmbito dos processos judiciais, os magistrados autorizam a sua doação, sempre e quando as marcas não se oponham”. Para a distribuição das doações a ASAE tem também em conta a “equidade geográfica” realizando, pelo menos, “uma doação por distrito”.

Estas acções representam uma opção sustentável como alternativa à destruição dos produtos, “que seria o percurso normal”. E, apesar das doações serem cada vez mais frequentes, Pedro Portugal Gaspar explica que ainda há uma grande quantidade de artigos contrafeitos que são destruídos, uma vez que não tem sido possível inverter completamente essa tendência. E porque as doações têm de ser feitas com bens de primeira necessidade, como é o caso do vestuário.

- PUB -

Outros artigos necessitam mesmo ser sujeitos a um “fim de ciclo”. Uma lista da qual fazem parte os artigos de perfumaria e cosmética e peças de marcas que não autorizam a utilização dos produtos contrafeitos.

Bens alimentares também têm sido doados pela ASAE, embora em menor quantidade, uma vez que requerem “outro tipo de precauções de segurança alimentar”, explica o inspector-geral.

- PUB -

Mais populares

Jovem setubalense morre em acidente de moto

Fábio Silva, conhecido por Pigóita, despistou-se junto ao cruzamento para Aldeia de Irmãos

Bateria da Raposa vai passar para o município para vigiar praias e reforçar combate a incêndios

O entendimento entre a Câmara de Almada e o Estado está a ser traçado para a bateria de costa na Mata Nacional dos Medos passar para a gestão da autarquia. Esta antiga estrutura militar vai ter novo uso estratégico de defesa

Presidente da República em Azeitão para inauguração de Casa-Memória Joana Luísa e Sebastião da Gama

Este sábado, Marcelo Rebelo de Sousa marcará presença na inauguração da Casa-Memória Joana Luísa e Sebastião da Gama, espaço que homenageia a relação entre...
- PUB -