28 Janeiro 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioDesportoSócios do Vitória aceitam terrenos e recusam dá-los como garantia à SAD

Sócios do Vitória aceitam terrenos e recusam dá-los como garantia à SAD

Os sócios do Vitória FC aceitaram esta terça-feira, em Assembleia Geral, a doação da Câmara Municipal sadina, de 65 lotes de terrenos em Praias do Sado, recusando-se dar autorização à direcção do clube para hipotecar os mesmos lotes, a favor da Autoridade Tributária.

- PUB -

Na pergunta feita aos sócios no primeiro boletim da AG, realizada na sala do Bingo, no Estádio do Bonfim, em que participaram 607 associados, registaram-se 527 “sim”, 67 “não”, e seis brancos e quatro nulos. Enquanto a questão do segundo boletim foi recusada com 414 “não”, 172 “sim”, 13 brancos e cinco nulos.

Ao aceitarem a doação do município, de 65 lotes de terrenos sitos em Praias do Sado, num valor global que ultrapassa os 800 mil euros, o Vitória aceita a doação dos terrenos feita pela Câmara Municipal e os terrenos ficam sendo propriedade do clube, livres de ónus e encargos.

Ao votarem maioritariamente “não” no segundo boletim, os associados, uma vez que aceitaram os terrenos na primeira pergunta, recusam hipoteca-los à Fazenda Nacional (Autoridade Tributária/Finanças) como garantia de pagamento das dívidas da SAD, ficando este ónus registado e impedindo o clube de deles dispor livremente.

- PUB -

Os sócios do Vitória, clube que foi relegado da I Liga ao Campeonato de Portugal por incumprimento dos pressupostos para se inscrever nas provas profissionais, voltam a 18 de outubro às urnas, dessa vez para elegerem os novos órgãos sociais.

Comentários

- PUB -

Mais populares

D. José Ornelas deixa de ser Bispo de Setúbal

O SETUBALENSE sabe que o Prelado vai substituir D. António Marto na Diocese de Leiria-Fátima

Autocarro consumido pelas chamas no centro de Setúbal [corrigida]

Viatura dos TST circulava perto do Comando da PSP. Passageiros e motorista saíram ilesos

Moradores do condomínio da Quinta da Trindade queixam-se de ruído vindo de estaleiro naval

A decapagem do casco de navios está a tirar o sossego a quem reside nas proximidades do estaleiro. Empresa diz que está a mitigar incómodo
- PUB -