5 Dezembro 2021, Domingo
- PUB -
InícioLocalCâmara do Montijo realça trabalho feito no domínio da habitação

Câmara do Montijo realça trabalho feito no domínio da habitação

A habitação é o tema da actualidade no Montijo. A Câmara Municipal, em jeito de balanço, realça o trabalho que tem estado a desenvolver nesse domínio. Isto, menos de 24 horas depois de o vereador do PSD, João Afonso, ter acampado à porta dos Paços do Concelho, numa acção de protesto contra a actuação da gestão PS.

- PUB -

“O Montijo é a terra mais atractiva de Portugal Continental porque apresenta o maior crescimento populacional do País, só possível com um mercado de habitação dinâmico e competitivo”, começa por esclarecer a autarquia. No que toca à habitação privada, adianta, “foram construídos nos últimos cinco anos 1 281 novos fogos novos e de reabilitação urbana, todos já vendidos”.

O município salienta que aprovou “uma Área de Reabilitação Urbana (ARU) e uma Operação de Reabilitação Urbana (ORU)”, mecanismos que permitiram reabilitar “centenas de fogos no centro urbano da cidade, aumentando o mercado de habitação disponível”.

Ao mesmo tempo aponta outras medidas que tem em curso.

- PUB -

“O município está a finalizar um novo instrumento estratégico de habitação: a denominada Estratégia Local de Habitação, que precede ao levantamento das necessidades habitacionais do concelho nos próximos anos.”

Em desenvolvimento estão também “vários projectos de construção de habitação a renda acessível para as classes médias”. Neste âmbito, a autarquia recorda “a aquisição da antiga fábrica do Izidoro” e prevê que a reabilitação urbana do imóvel “dê resposta” não só “a serviços públicos e espaços culturais” como também “à construção de 60 fogos a renda acessível”.

O actual parque habitacional municipal “é dinâmico e responde a 491 famílias carenciadas. Um número que, até final deste ano, irá crescer. “Durante a pandemia, por concurso público, foram atribuídos 35 fogos a famílias com carência de habitação e prevê-se entregar mais 16 fogos de habitação social até Dezembro. No total, são 51 fogos, só este ano”, destaca a autarquia.

A autarquia espera fechar 2020 com 51 fogos de habitação social atribuídos a famílias
- PUB -

O município recorda que, no período pandémico, “foi realizado um enorme esforço financeiro com apoios sociais a famílias vulneráveis” e dá como exemplos “a factura social da água, a isenção das rendas das habitações sociais por três meses e o fornecimento de refeições a crianças e idosos”.

“ Este tem sido um trabalho exaustivo da Câmara Municipal do Montijo e dos seus serviços, que respeita os cidadãos montijenses e responsabiliza os autarcas eleitos”, conclui a edilidade.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -