26 Junho 2022, Domingo
- PUB -
InícioLocalSetúbalSetúbal: novo centro de testes à Covid-19 testou mais de 100 pessoas...

Setúbal: novo centro de testes à Covid-19 testou mais de 100 pessoas em três dias

Centro de testes instalado na Escola Básica dos Arcos serve os habitantes de Setúbal, Palmela e Sesimbra e tem capacidade para realizar 80 testes por dia

 

- PUB -

Foram testadas mais de 100 pessoas desde que o novo centro de testes a infecções por Covid-19 abriu na Escola Básica dos Arcos, em Setúbal, na passada quarta-feira, 15. O espaço tem capacidade para realizar 80 testes por dia e testou 42 pessoas na quarta-feira, 32 na quinta-feira e mais de 30 até à tarde de sexta-feira. Os números estão dentro das previsões dos responsáveis do Agrupamento dos Centros de Saúde da Arrábida – ACES Arrábida, que opera a estrutura em parceria com o Laboratório Germano de Sousa e as câmaras de Setúbal, Palmela e Sesimbra.

“Neste momento temos agenda para 80 pessoas por dia, com perspectivas de poder receber mais pessoas para garantir que ninguém vai para trás”, explicou a O SETUBALENSE José Germano de Sousa, médico patologista e administrador do Laboratório José Germano de Sousa, que foi contratado por parte da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo. O centro funciona apenas para pessoas encaminhadas por médicos de família ou pela linha Saúde 24 e pretende aliviar a pressão sobre o Centro Hospitalar de Setúbal.

Os utentes devem fazer a marcação do teste com prescrição médica obrigatória, através dos números de telefone 96 650 10 91 ou 96 651 21 91, e só depois são encaminhados para o centro instalado na Escola Básica dos Arcos, aberto de segunda-feira a sábado, das 09h às 13h e das 14h às 18h. As pessoas são aconselhadas a usar máscara e, uma vez que lá chegam, aguardam do lado de fora do portão, sendo chamadas pelo nome por um segurança. “A pessoa dirige-se ao atendimento administrativo e após realizar a inscrição é de imediato encaminhada para o técnico, sem ter de esperar”, explicou a enfermeira do ACES Arrábida responsável pelo centro.

(Fotografia: CMS)
- PUB -

O percurso permite que não haja cruzamento de pessoas no exterior nem no interior, sendo que o edifício está capacitado para ter dois utentes a ser inscritos e outros dois em atendimento. Os 19 funcionários que ali trabalham receberam uma acção de formação relacionada com procedimentos administrativos e colocação e manuseamento dos equipamentos de protecção individual e têm uma entrada separada na escola.

Este centro de testes a infecções por Covid-19 resulta de uma parceria entre os municípios de Setúbal, Palmela e Sesimbra, em que a autarquia sadina disponibiliza as instalações, água, electricidade, telefone, rede de Internet e funcionários para atendimento e registo das divisões da Saúde e Educação. Os restantes municípios cederam funcionários administrativos, cabendo ao ACES Arrábida manter a segurança, limpeza e desinfecção das instalações. O Laboratório Germano de Sousa realiza as colheitas e os testes.

No concelho de Setúbal, os testes à infecção são agora feitos no Centro Hospitalar de Setúbal e na Escola Básica dos Arcos. Na medicina privada, existem alternativas no Laboratório Joaquim Chaves e no Hospital da Luz, este último apenas destinado a doentes com sintomas suspeitos e que necessitam de internamento.

(Fotografia: CMS)
- PUB -

Os autarcas Francisco Jesus, de Sesimbra, Álvaro Amaro, de Palmela, e Maria das Dores Meira, de Setúbal, visitaram o centro de testes na tarde de sexta-feira, 17, e a edil setubalense não poupou elogios à parceria alcançada. “O ACES Arrábida e o Laboratório Germano de Sousa têm sido parceiros extremamente competentes. Esta parceria resultou muito bem neste momento muito complicado”. O objectivo é “evitar que o hospital seja sobrecarregado quer em relação aos testes quer em relação aos tratamentos” de outros doentes que não tenham Covid-19, explicou.

“Se não fossem os autarcas, esta pandemia seria muito pior. O poder local – freguesias, voluntários, Protecção Civil, saúde, bombeiros – é uma peça fundamental para ajudar os necessitados e quem precisa de apoio de proximidade para ir buscar alimentos ao supermercado e medicamentos à farmácia”, enalteceu a presidente. “Estou feliz com os resultados que estamos a ter, quer dizer que o povo português tem noção da responsabilidade”.

Na visita estiveram também presentes Carlos Rabaçal, vereador do Serviço Municipal de Proteção Civil e Bombeiros, Ricardo Oliveira, vereador da Educação e Saúde da Câmara Municipal de Setúbal e José Luís Bucho, coordenador da Protecção Civil de Setúbal, além dos responsáveis do Agrupamento dos Centros de Saúde da Arrábida – ACES Arrábida e representantes do Laboratório Germano de Sousa.

Nos planos da autarquia está a reabertura, já no mês de Maio, do atendimento presencial nas diversas divisões e serviços municipais, mantendo todas as cautelas necessárias. “Vamos desfasar horários, pôr viseiras nos balcões de atendimento e começar a preparar para no principio de maio termos a porta aberta nos serviços municipais”, adiantou Maria das Dores Meira a O SETUBALENSE.

Comentários

André Rosa
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Menina de três anos morre em caso suspeito de maus tratos pela ama

Criança apresentava ferimentos na boca e nariz e hematomas no corpo. Ama disse que tinha caído de uma cadeira no dia anterior
- PUB -