12 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Paixão pela tauromaquia ‘renasce’ em Azeitão com nova tertúlia

Paixão pela tauromaquia ‘renasce’ em Azeitão com nova tertúlia

Paixão pela tauromaquia ‘renasce’ em Azeitão com nova tertúlia

Associação cultural quer promover tauromaquia, sem esquecer a defesa da Praça de Toiros Carlos Relvas

Surgiu em Azeitão uma nova associação cultural virada para a tauromaquia, com a ambição de fazer renascer a paixão por este espectáculo cultural. Após ter começado o seu percurso nas redes sociais, a Tertúlia Tauromáquica de Azeitão ambiciona agora promover a tauromaquia na região, sem esquecer a defesa da Praça de Toiros Carlos Relvas, em Setúbal.

- PUB -

Sendo uma associação quase recém-nascida, esta conta actualmente com cerca de 25 sócios activos, algo que a direcção considera “bastante positivo”, tendo em conta o pouco tempo de existência. Ainda assim, esta tertúlia espera aumentar rapidamente o número de associados quando se der a conhecer à comunidade.

Nascida no mês de Janeiro, a primeira reunião dos membros constituintes desta tertúlia ocorreu a 2 de Fevereiro, sendo que no passado dia 14 de Maio foi formalmente constituída como uma associação cultural sem fins lucrativos. Depois de alcançada esta meta, tem vários pontos na sua ‘agenda’ para atrair mais pessoas.

Em declarações a O SETUBALENSE, Carlos Martins, presidente da Tertúlia Tauromáquica Azeitonense, explica que Azeitão é uma região onde há “imensa afición” ao cavalo. “Há inúmeros centros hípicos na zona e aqui realizam-se umas cavalhadas tradicionais há mais de 300 anos. Há uma afición à tauromaquia que está latente em Azeitão”, aponta.

- PUB -

Esta ideia surgiu nas redes sociais e como “a adesão foi enorme”, uma comissão constituinte reuniu-se pela primeira vez na tertúlia de um aficionado local, e a partir daí definiu-se que se iria formalmente avançar para a constituição da associação cultural. “É um desafio, mas é um desafio bonito e tudo o que conseguirmos fazer esperamos que possa acrescentar valor e dignificar a tauromaquia”, reforça o presidente da associação.

Relativamente aos objectivos ao longo deste primeiro ano, Carlos Martins realça que a Tertúlia Tauromáquica Azeitonense tem como fim “a divulgação, promoção e dinamização da tauromaquia” na região. Nesse sentido, o trabalho de base a fazer é “imenso”, com o objectivo de “ir conquistando pouco a pouco o apoio geral da comunidade local”, realça.

“Queremos primeiramente dar-nos a conhecer, estando presentes em todos os eventos ou festas de Verão que nos sejam possíveis. Depois, naturalmente, temos programado passeios a cavalo temáticos, noites de fado e alguns colóquios interessantes, para além de planearmos proporcionar contacto directo com toureiros e/ou ganadarias”, aponta.

- PUB -

No entender de Carlos Martins “o caminho faz-se caminhando”, garantindo que a tertúlia quer avançar de forma “segura e consistente”, rumo a um “objectivo maior a médio prazo de poder trazer novamente a Tauromaquia com todo o seu esplendor” a Azeitão.

Atento ao que se passa na região, e como a tertúlia não se quer “focar exclusivamente em Azeitão”, Carlos Martins assegura estar vigilante ao desenrolar da situação da Praça de Toiros Carlos Relvas, que, no seu entender, se encontra “em elevado estado de degradação”, privando dessa forma a população de “assistir a espectáculos tauromáquicos numa praça de primeira categoria”, que faz “imensa falta à cidade e ao País”, remata. 

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -