19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Exposição na Casa da Baía promete ser uma “viagem fotográfica”

Exposição na Casa da Baía promete ser uma “viagem fotográfica”

Exposição na Casa da Baía promete ser uma “viagem fotográfica”

David Dores inaugura mostra e apresenta o seu novo livro. Fotografias disponíveis para visita até dia 26

 

David Dores é o autor de “Intocável no Tempo”, título do livro que dá tema à exposição fotográfica que se encontra actualmente na Casa da Baía, em Setúbal, e que vai estar disponível para visitas até ao próximo dia 26.

- PUB -

O jovem, que já desempenhou a função de ardina n’O SETUBALENSE, mostra agora o resultado do trabalho que desenvolveu durante cinco anos – entre 2016 e 2021 –, em que fotografou a Herdade do Pinhal do Assa, na zona das Pontes, em Setúbal.

A exposição, composta por 12 imagens, promete uma “viagem fotográfica” ao espaço através da lente de David Dores. A O SETUBALENSE, o fotógrafo falou sobre como foi importante para si, e para o desenvolvimento da sua arte, o tempo que passou a registar os campos da herdade.

“Posso dizer que aquilo que sou hoje como fotógrafo e a experiência que tenho a fotografar foi graças ao tempo que fotografei [na Herdade do Pinhal do Assa]. Foi mesmo uma escola para mim”.

- PUB -

Em seguida, explicou que os locais que antes eram verdes já não se mantêm da mesma forma e que dão agora lugar a painéis solares. Na Casa da Baía, no espaço dedicado à exposição fotográfica, David Dores disponibiliza ainda um álbum com a colectânea de todas as imagens que fotografou na herdade que lhe é tão importante.

Está ainda à disposição dos interessados o seu portfólio pessoal, com vários dos trabalhos que tem desenvolvido ao longo dos anos que tem dedicado à fotografia. Apesar de “Intocável no Tempo” estar à venda desde Março de 2022, só foi oficialmente apresentado na passada terça-feira, dia em que também a exposição foi inaugurada.

David Dores diz que “só agora estavam reunidas as condições” para que a obra editada pela AlmaLusa tivesse o merecido lançamento e explicou que muitas pessoas aderiram à compra do livro, que pode ser adquirido no local da exposição.

- PUB -

Além disso, revela que há possibilidade de ser editada uma segunda edição e conta que foi a própria editora que iniciou a conversa sobre a possibilidade de fazer um livro.

“Mostrei um vídeo das minhas fotografias à AlmaLusa. Procurava apenas um feedback do meu trabalho e foram eles que falaram sobre a possibilidade de fazer um álbum que poderia tornar-se um livro”, explica.

Trata-se de um livro “construído entre os anos de 2013 e 2021 através das inúmeras incursões pela Herdade do Pinhal do Assa”. “É uma herdade marcada pelo trabalho rural, pelas vinhas – uva às adegas de produção de vinho e pelo monte principal que servia de espaço de férias para os seus proprietários”, lê-se na sinopse da obra.

A exposição fotográfica conta com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal e da Casa da Baía. David Dores dedicou parte da sua vida ao salto em comprimento e ao desenho, mas só em 2013 descobriu a grande vocação para a fotografia, quando tirou um curso na Escola Secundária D. João II, em Setúbal.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -