26 Fevereiro 2024, Segunda-feira
- PUB -
InícioSociedadeBicho Carpinteiro “ansiosos” com concerto na Casa da Cultura

Bicho Carpinteiro “ansiosos” com concerto na Casa da Cultura

Duo musical apresenta álbum homónimo amanhã. Actuação conta com convidado especial de Setúbal

 

- PUB -

Os Bicho Carpinteiro apresentam álbum homónimo este sábado na Casa da Cultura, naquele que é o primeiro concerto da tour de apresentação da obra musical. O duo composto por Rui Rodrigues (Dazkarieh) e Diogo Esparteiro (Royal Bermuda ou Pás de Problème) está “verdadeiramente ansioso” para o concerto, que vai ter um convidado especial de Setúbal: Noitibó (Pedro Banza).

A dupla musical começa esta tour na cidade do Sado por uma “simples” razão prática, sendo ela que a Repasseado (agência deste projecto) é de Setúbal. Nos últimos anos a agência tem programado vários concertos de artistas ligados à nova música tradicional na cidade setubalense, como Omiri, Seiva e A Cantadeira, explica Rui Rodrigues, que confessa que o duo está “orgulhoso por fazer parte deste lote”.

Além da apresentação do álbum, o duo traz consigo um convidado especial proveniente de Setúbal, Noitibó (Pedro Banza). Rui Rodrigues esclarece que o ponto de partida criativo dos Bicho Caprinteiro passa pelas violas tradicionais, e nesse sentido a dupla considerou “fazer sentido” ter um representante local dos cordofones portugueses. “As nossas violas beiroa e toeira vão ter a companhia da viola campaniça do Noitibó”.

- PUB -

Rui Rodrigues confessa, em declarações a OSETUBALENSE, que os Bicho Carpinteiro se sentem “verdadeiramente ansiosos” com a estreia. “Não será a primeira vez que tocamos o disco ao vivo (já o tocámos num formato mais intimista) mas este é o primeiro concerto oficial de lançamento, para o qual preparámos um espectáculo mais elaborado de luz e vídeo, construído a pensar na experiência do público”, revela.

As expectativas para a noite deste sábado “estão em alta”, com Rui Rodrigues a realçar que a dupla quer muito “sentir a reacção do público ao espectáculo”, apesar de musicalmente não ser a estreia absoluta do álbum, é uma estreia absoluta da banda em Setúbal. “Queremos que o público dance e vibre com a nossa tradição aumentada, que apesar de ir beber ao passado, tem os olhos postos no futuro. Queremos que seja um momento de celebração, como qualquer noite num clube de dança, porque a música tradicional e a música electrónica têm mais em comum do que se julga”, reforça.

Este álbum homónimo já está disponível em todas as plataformas digitais. O duo junta a música popular e tradicional portuguesa, entre samples de voz de recolhas no Portugal profundo, entre fados e chulas, violas em duelo sobre ritmos bem marcados, texturas acústicas e electrónicas e uma ligação a melodias e modos que são “intemporais e que falam ao mais fundo da identidade”. Os Bicho Carpinteiro apresentam este primeiro LP ao vivo amanhã, na Casa da Cultura, seguindo depois para Évora, no dia 13 na SHE, depois no dia 19 nos Maus Hábitos, no Porto e no dia 20 na Mavy RUM em Braga.

- PUB -

Mais populares

Suspeito de morte de menino em Setúbal será tio da criança

Homem está identificado pelas autoridades e colocou-se em fuga. Disparo de caçadeira terá sido feito para assustar rival

Grupo distrai funcionários de banco em Palmela e furta dinheiro em caixa

Seis estrangeiros, cinco homens e uma mulher, são procurados pela GNR depois de crime que decorreu pelas 13h30

Menino de sete anos morre após ser baleado em Setúbal

Neto e avó foram atingidos a tiro de caçadeira no Bairro da Bela Vista. Disparo veio de carro em andamento. Alvo seria o pai da criança
- PUB -