23 Abril 2024, Terça-feira
- PUB -
InícioSociedadeÁlvaro Amaro apresenta novo álbum “Tatuagens” ao vivo no Auditório Bocage

Álvaro Amaro apresenta novo álbum “Tatuagens” ao vivo no Auditório Bocage

Com dez canções, o segundo álbum de originais de Álvaro Amaro aborda assuntos como a vida, o amor, as redes sociais e os territórios vinhateiros da região e conta com participações de Vitorino Salomé e Celina da Piedade

 

- PUB -

O músico, cantor e autarca de Palmela Álvaro Amaro prepara-se para apresentar ao público o seu segundo álbum a solo, composto por 10 canções e duas participações especiais. Chama-se “Tatuagens” e vai ser mote de um concerto ao vivo no Auditório Bocage, em Setúbal, pelas 21h30, no próximo dia 25 de Fevereiro. O evento antecede uma digressão que deverá passar por vários auditórios e festividades na região e noutras localidades, de norte a sul do país, ao longo dos próximos meses.

“Tatuagens” sucede a “Amaro Máscaras”, lançado há seis anos. “Se o álbum anterior falava em máscaras que, mais do que esconder, revelam outras facetas, o Tatuagens acaba por ser o prolongamento desse processo, na medida em que pretende partilhar com quem gosta de boa música e poesia outras visões e experiências do mundo que ficam tatuadas no nosso espírito e no coração, mais do que na pele”, explica o músico a O SETUBALENSE.

Escrever as letras, compor e editar este álbum foi um “processo longo”, comenta Álvaro Amaro. “Numa fase inicial foi mais solitário, porque tínhamos dificuldades em encontrar-nos fisicamente [durante a pandemia] para a banda dar os seus contributos. Acabei por ir ao encontro do produtor Davide Zaccaria para produzir o trabalho e ele deu-lhe uma roupagem mais actual. Todo o processo foi muito enriquecedor, embora a maior parte das participações tenha sido gravada à distância graças às tecnologias”.

- PUB -

As canções de “Tatuagens” tanto abordam “a ansiedade de viver a vida ao máximo” como “o exotismo necessário no amor” e “o retorno ao Alentejo”, ou mesmo “os territórios vinhateiros”, numa canção que conta com a participação de Celina da Piedade. Há lugar, também, para uma canção sobre o povo da Palestina; para outra sobre a humanidade dos animais de companhia; e para outras “sobre muitas paixões”. Inclui ainda “uma brincadeira em reggae sobre as paixões ilusórias criadas pelas redes sociais”.

O disco é uma edição da Amaro Records e tem produção de Davide Zaccaria, contando com a participação de Vitorino Salomé em “Se Tu És o Meu Amor” (letra e música) e de Celina da Piedade, com o seu acordeão em “Enoterra”. “Estou feliz com o trabalho que tenho para apresentar às pessoas, e que está a suscitar grande interesse e curiosidade, e fico realizado sobretudo com os espectáculos ao vivo, com a banda de excelentes músicos que me está a acompanhar, e com a possibilidade de as canções evoluírem com a interacção com o público”, acrescenta Álvaro Amaro.

O cantautor estará em palco, no Auditório Bocage, juntamente com Pipo Daniel (bateria), Bruno Filipe (teclados), João Vitorino (guitarra), Vítor Cavaco (baixo), Telmo Campos (saxofone) e Rute Tapadas (coros). “Estou ansioso, porque muita gente do mundo da música vai estar presente, produtores, crítica especializada e jornalistas, e a minha família e amigos vão encher a sala”, diz, bem-disposto, Álvaro Amaro, que se sempre andou de mãos dadas com a música. “Comecei a aprender acordeão aos sete anos. A música acaba por estar sempre num plano secundário, mas é para mim um acto de libertação para partilhar as coisas que me vão no espírito e na alma. É o meu oxigénio”.

- PUB -

Professor, com uma vida ligada ao desporto, à causa pública e à política (como deputado, presidente de junta de freguesia, vereador e, actualmente, presidente da Câmara Municipal de Palmela no seu terceiro mandato), Álvaro M. B. Amaro soma outros projectos anteriores (Odara, Álvaro & Lindolfo, Dialecto), através dos quais foi acumulando escrita, composições e estrada. As datas futuras dos seus concertos serão anunciadas no espectáculo de 25 de Fevereiro, em Setúbal.

André Rosa
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Árvore da Liberdade nasce no Largo José Afonso para evocar 50 anos de Abril

Peça de Ricardo Crista tem tronco de aço corten, seis metros de altura e cerca de uma tonelada e meia de peso

Cravo humano ‘nasce’ no areal da Praia de Albarquel

Cerca de quatro centenas de trabalhadores da autarquia juntaram-se após uma caminhada de três quilómetros

Cadáver em “avançado estado de decomposição” encontrado na zona da Comporta

Capitão do Porto de Setúbal invocou o segredo de justiça para não avançar pormenores sobre a ocorrência
- PUB -