1 Fevereiro 2023, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalAlmadaConcelho de Almada regista 128 ocorrências decorrentes do mau tempo

Concelho de Almada regista 128 ocorrências decorrentes do mau tempo

Foram 17 as pessoas da localidade da Banática que por precaução tiveram de sair das casas perante risco de derrocada  

- PUB -

A bátega e forte vento que ocorreu durante o dia de terça-feira em Almada, levou o serviço de Protecção Civil municipal, as três corporações de bombeiros do concelho, forças de segurança e autarcas a actuarem em casos de cheias, derrocadas e quedas de árvores.

Segundo a autarquia, foram registadas 128 ocorrências, entre as zero horas e as 21h00 da mesma terça-feira, relacionadas com a intempérie, tendo sido 17 pessoas retiradas da localidade da Banática, freguesia da Caparica, por precaução, explicou a presidente da Câmara Municipal, Inês de Medeiros, à agência Lusa.

Refere a presidente socialista que foi verificada a possibilidade de um desabamento naquela zona, pelo a Protecção Civil de Almada “notificou as pessoas” para saírem, adiantando que “todos tinham resposta familiar de alojamento”.

- PUB -

Além destes casos de saída obrigatória, outros moradores foram aconselhados a sair das suas habitações e a encontrar uma outra solução provisória. A decisão da Protecção Civil surgiu após a queda de uma pedra da arriba sobre dois carros.

Em zonas sensíveis do concelho em caso de mau tempo com grandes chuvadas, como a baixa da Cova da Piedade, diz a autarquia que o “Parque da Paz cumpriu novamente a sua função como bacia de retenção”, a qual foi essencial para “atenuar um volume significativo de água, causado pela forte precipitação, evitando dessa forma inundações nas imediações nomeadamente na Cova da Piedade”.

- PUB -

O concelho do Seixal foi também bastante fustigado pelo mau tempo, tendo ficado desalojadas 34 pessoas, um número durante a madrugada de ontem, quarta-feira. No entanto, ao fim da tarde de terça-feira, os serviços da Câmara Municipal davam a saber terem sido desalojadas pelo mau tempo 27 pessoas; 17 residentes na zona do Muxito, entre a Cruz de Pau e a baixa de Corroios, cujas casas sofreram inundações e que foram acolhidos temporariamente no Clube Recreativo da Cruz de Pau.

Pouco depois o presidente da Câmara do Seixal, Paulo Silva, afirmava existirem mais dez pessoa desalojadas residentes no bairro de Santa Marta de Corroios.

Com Lusa

 

 

 

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.
- PUB -