5 Dezembro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalSeixalSeixal: Igualdade é desenhada este sábado na entrada do Mercado de Miratejo

Seixal: Igualdade é desenhada este sábado na entrada do Mercado de Miratejo

Entre as 15h00 e as 17h00 muitos vão participar na actividade “Pintura para a Igualdade”, inspirada na questão da igualdade de género

- PUB -

 

O Dia Mundial para a Igualdade comemora-se hoje, 24 de Outubro, mas é no sábado, 29 de Outubro, que o Seixal vai assinalar esta data promovida desde 2010 pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, com a intenção de mobilizar e sensibilizar a sociedade portuguesa para a importância da igualdade de oportunidades.

A iniciativa no Seixal designada por “Pintura para a Igualdade” decorre da parceria entre a Câmara Municipal com o Movimento Democrático de Mulheres, a Rato – Associação para a Divulgação Cultural e Científica e a Junta de Freguesia de Corroios.

- PUB -

Assim, no sábado, entre as 15h00 e as 17h00, muitos vão participar nesta actividade inspirada na questão da igualdade de género, em linha com o mote lançado pela Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, que se materializará na “criação de um desenho e respectiva pintura na parede do cais de cargas e descargas da entrada do Mercado Municipal de Miratejo”, dá a saber a autarquia.

Associações aderem à iniciativa

O artista plástico Libeka, que reside na Quinta da Princesa, concelho do Seixal, é um dos participantes nesta iniciativa, assim como jovens associados aos projectos Tutores de Bairro, da Quinta da Princesa. Do mesmo modo, marcam presença o Estás na [email protected], promovido pela Associação de Pais e Encarregados de Educação da Escola Básica José Afonso, de Miratejo, a Associação Raízes de Santa Marta, do bairro de Santa Marta de Corroios e da comunidade residente em Miratejo.

- PUB -

“A luta pelos direitos das mulheres, ao longo de gerações, tem sido fulcral para a desconstrução dos preconceitos de género e para a assunção da mulher enquanto pilar fundamental para o desenvolvimento da sociedade actual”, refere a Câmara Municipal através do seu site.

“Passados tantos anos de luta pelo direito à igualdade, o exercício dos direitos entre homens e mulheres ainda não é igual e os relatos de preconceitos exercidos sobre as mulheres são constantes. Em contrapartida, a mulher começa a aparecer em contextos anteriormente considerados de domínio exclusivamente masculino”, acrescenta no mesmo texto.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Jovem morre esfaqueado em cilada durante convívio 

Vitima, na casa dos 20 anos, era estudante e trabalhador na Autoeuropa

Homem morre em confrontos num café na Avenida Bento de Jesus Caraça

Causa da morte não é clara. PJ está a investigar

Primeira loja Lidl num campus universitário já abriu em Almada

Rede de supermercados alemã investe 10 milhões de euros no novo edifício situado no Monte da Caparica
- PUB -