26 Setembro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioLocalAlmadaJardim de infância da Sobreda ganha mais dois edifícios e passa a...

Jardim de infância da Sobreda ganha mais dois edifícios e passa a receber 150 crianças

Mais salas de aulas, um refeitório e novas condições para crianças e professores numa obra com apoio de fundos do Portugal 2020

- PUB -

O Agrupamento de Escolas Elias Garcia, no Alto do Índio, acabou de ver ampliado o Jardim de Infância da Sobreda. A obra foi inaugurada ontem e veio duplicar o número de salas de actividade, passando de três para seis, com isto, passa a receber 150 crianças a partir dos três anos de idade, quando antes eram 62.

“O principal objectivo desta obra passa por uma substancial transformação na utilização do complexo escolar em causa, aumentando o número de salas de actividades, contemplando a beneficiação do edifício existente e do recreio exterior, da respectiva acessibilidade aos mesmos, assim como o aumento da área coberta de recreio, contribuindo para a melhoria das condições de uso do edificado escolar”, refere nota de Imprensa da autarquia almadense sobre este equipamento.

Correspondendo a um investimento assumido pela Câmara de Almada, com apoio de fundos, do programa Portugal 2020, a empreitada considerou a construção de dois edifícios de raiz, sendo um deles denominado por Edifício B que alberga as novas salas de actividades. O segundo espaço, designado por Edifício C, é destinado a refeitório.

- PUB -

Por sua vez o edifício principal, nomeado por A, onde estava a funcionar o Jardim de Infância, também foi intervencionado com o objectivo de eliminar barreiras arquitectónicas no piso térreo, tendo sido requalificados e adaptados alguns dos espaços existentes. Além da intervenção realizada no espaço exterior do logradouro, foi criada uma zona com um equipamento lúdico.

Segundo as especificações da Câmara de Almada relativamente à empreitada, no referente ao edifício Jardim de Infância, foram realizadas pinturas gerais de paredes exteriores de todo o edifício, e outras pontuais no interior de salas de aulas, arrecadação e sala de professores. Foi ainda demolido o edifício onde se localizava o antigo ginásio, alargada a passagem entre a sala de aula e biblioteca por forma a criar uma sala de actividades única. A arrecadação foi transformada em duas áreas técnicas independentes, e foram demolidas janelas na antiga sala dos professores para criar comunicação com novo edifício do refeitório. Foram ainda encerradas parcialmente as arcadas exteriores com vãos de alumínio, permitindo acessibilidade ao edifício das novas salas de actividades.

Quanto ao edifício, foram criadas três novas salas, construídas instalações sanitária para crianças, zona de recepção de pais e crianças, áreas técnicas e recreio exterior coberto com acesso directo ao recreio exterior superior. Por este edifício é também feita a entrada e recepção de crianças com mobilidade condicionada cujas salas de actividade se encontrem no edifício já existente.

- PUB -

No espaço refeitório, correspondente ao edifício novo, existe uma sala de refeições, com zona de empratamento e recreio exterior coberto com acesso directo ao recreio exterior superior; este edifício comunica com o edifício já existente através da antiga sala dos professores.

Nos arranjos exteriores foi feita a alteração do portão principal, eliminando desníveis e facilitando-se o acesso ao recinto escolar. Foi ainda criado um corredor de acesso ao edifício das novas salas de actividades, murado e iluminado, com condições de acessibilidade para pessoas com mobilidade condicionada. Ao mesmo tempo a zona exterior não acessível ao público geral, com árvores e arbustos de baixa manutenção foi reordenada, e os dois pátios exteriores foram requalificados.

A empreitada implicou também a demolição do murete existente na zona de recreio, passando a comunicação entre os pátios a ser feita através de duas escadas junto aos dois novos edifícios, e por uma rampa com 5% de inclinação, permitindo o acesso às pessoas com mobilidade condicionada.

Foi ainda contemplado o reordenamento do recreio superior eliminando desníveis, implantadas floreiras, iluminação e drenagem, assim como reordenado o recreio no nível inferior com a criação de zona emborrachada com equipamento fixo de brincadeira infantil e a implantação de floreiras com árvores e arbustos, bancos, iluminação e drenagem. A obra passou também pela colocação de um portão no pátio de recreio inferior, permitido cumprir os requisitos de segurança e a nova vedação sob murete ao longo do pátio inferior.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos
- PUB -