23 Fevereiro 2024, Sexta-feira
- PUB -
InícioEmpresasPublireportagem: À Vela Passeios confiante num verão muito movimentado

Publireportagem: À Vela Passeios confiante num verão muito movimentado

Pierre Sousa diz-se renitente devido à guerra na Ucrânia, mas acredita no mercado interno e na férias dos emigrantes

 

- PUB -

Pierre Sousa, gerente da empresa de lazer, À Vela Passeios, lamenta que a guerra que deflagrou na Europa tenha trazido um cenário de incerteza na programação que estava a ser feita para o período de tempo quente que se aproxima.

Com o fim de quase todas as restrições impostas pela pandemia, “estávamos com um espírito muito positivo para este ano”, mas a guerra na Ucrânia “deixa-me muito renitente”. As pessoas, diz Pierre, “vêem os preços a aumentar e cortam nalgumas despesas. Tenho consciência que o serviço que nós oferecemos é supérfluo, não é, claro, um bem essencial, por isso o cenário, por agora, não é muito positivo. Vamos esperar para ver como as coisas evoluem”. O empresário deixa um desejo. “Espero sinceramente que haja uma evolução pela positiva na guerra o que seria bom para todos a começar, desde logo, pelos que estão envolvidos directamente”.

No entanto, mesmo no pior cenário, Pierre acredita que com o “fim” da pandemia, a área da Arrábida com a serra, as praias e o rio seja muito procurada, não só pelo mercado interno, mas também em força pelo espanhol e francês. Desde logo, “com os nossos emigrantes que este ano voltam a ter total liberdade para viajar. Posso dizer que, o mês de Agosto promete ser em grande pois já temos muitas reservas confirmadas e esperamos muito mais”.

- PUB -

A À Vela Passeios surgiu em 2011 de uma paixão pela arte de velejar de Pierre Sousa, mais conhecido por Pierre. 11 anos depois a empresa de actividade turística tem uma variedade de experiências para oferecer aos clientes, na sua maioria portugueses, mas com um mercado exterior cada vez com mais influência com Espanha e França no topo da lista.

Para 2022, a prioridade, frisa Pierre, foi para “o reforço da qualidade dos serviços que proporcionamos”. Apesar de funcionar todo o ano, é entre Maio e Setembro, que o trabalho é mais intenso. Baptismo de vela, despedidas de solteiro, festas de aniversário, assistir ao pôr-do–sol, almoços ou jantares a bordo, eventos para empresas e visitas aos golfinhos são algumas das actividades propostas pela empresa de animação turística.

Pierre destaca os passeios privados, no mínimo com duas pessoas e máximo de dezoito, com uma duração que vai entre as 2 horas a dia inteiro. Passeios das duas embarcações que a À Vela Passeios tem; um veleiro e um catamarã. Este conceito, realça, “faz com que os clientes aproveitem ao máximo a privacidade” e desfrutem do “prazer que o azul do rio e o verde da Serra da Arrábida proporcionam”. Para um contacto directo com a água disponibiliza pranchas padel e equipamento para snorkling.

- PUB -

Para embarcar numa pequena grande aventura no Sado e Arrábida a À Vela Passeios tem o ponto de partida para exploração de novas emoções e desafios na Doca das Fontainhas (embarque no veleiro) ou Molho exterior de protecção da Doca dos Pescadores (embarque no catamarã) ou ainda podem embarcar na Marina de Tróia.

O valor dos passeios varia consoante o tempo, o número de pessoas e o tipo de programa.

 

 

- PUB -

Mais populares

Menino de sete anos morre após ser baleado em Setúbal

Neto e avó foram atingidos a tiro de caçadeira no Bairro da Bela Vista. Disparo veio de carro em andamento. Alvo seria o pai da criança

Criança baleada em Setúbal hospitalizada em estado crítico [actualizada]

Menino de 7 anos e avó foram atingidos por um tiro de caçadeira disparado de um carro em movimento

Imagens mostram momentos após menino e avó serem baleados no Bairro da Bela Vista (vídeo)

Homem é visto a empunhar uma caçadeira correndo em várias direcções até que entra numa viatura que sai depois do local
- PUB -