21 Maio 2022, Sábado
- PUB -
InícioLocalAlmadaMinistro da Administração Interna lembra em Almada que prazo para limpeza dos...

Ministro da Administração Interna lembra em Almada que prazo para limpeza dos terrenos termina sábado

Esta é uma obrigação que todos devem cumprir, afirma o governante José Luís Carneiro

- PUB -

O ministro da Administração Interna esteve ontem em Almada onde recordou aos proprietários de terrenos florestais que o prazo para limpeza dos mesmos termina no próximo sábado. Ao mesmo tempo avançou que esta “é uma obrigação que todos devem cumprir”.

“Até ao final do mês há uma responsabilidade que é dos proprietários e é de promoverem a limpeza das florestas e dos seus terrenos florestais, é mesmo uma obrigação que todos devem cumprir”, disse aos jornalistas José Luís Carneiro.

O ministro participou ontem na sessão de apresentação da “Operação Floresta Segura, Floresta Verde 2022”, uma iniciativa da Câmara Municipal de Almada e que inclui a inauguração do Sistema de Aviso de Risco de Incêndio Florestal.

- PUB -

O governante frisou que os proprietários ao cumprirem o dever de limpeza dos terrenos florestais, fazem com que Portugal fique “mais apetrechado para conseguir vencer esse flagelo que são os incêndios”.

José Luís Carneiro indicou também que a partir do início do mês de Maio a Guarda Nacional Republicana vai realizar um processo de fiscalização por todo o País.

“A partir do início de Maio, a GNR encetará um processo de sensibilização por todo o País procurando ir ao encontro dos proprietários e fazer ver a todos que a preservação da floresta e a valorização do ambiente é um dever de todos e uma floresta sem fogos é objectivo de nacional”, precisou.

- PUB -

Segundo uma informação hoje divulgada pela GNR, em Maio vai começar a fiscalização de gestão de combustível, nomeadamente nas freguesias identificadas como prioritárias, com elaboração de autos de contra-ordenação em casos de incumprimento.

Este ano o Governo identificou 1 001 freguesias prioritárias, menos uma do que em 2021. De acordo com um despacho publicado em Março, a fiscalização nestas zonas é realizada entre 01 e 31 de Maio, incidindo nos terrenos confinantes a edifícios em espaços rurais (numa faixa de 50 metros) e os aglomerados populacionais, bem como parques de campismo, parques industriais, plataformas de logística e aterros sanitários em espaços florestais (numa faixa de 100 metros).

Para as redes viária, ferroviária e nas linhas de transporte e distribuição de energia eléctrica a fiscalização será feita entre 01 e 30 de Junho.

O ministro da Administração Interna disse ainda que “dentro de dias” o Governo vai apresentar o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) para este ano.

Questionado sobre o reforço de meios de combate para a próxima época de fogos, José Luís Carneiro afirmou que “os meios estão a ser preparados com todo o rigor” e vão “corresponder às necessidades do País”.

CMP / Lusa

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -