7 Fevereiro 2023, Terça-feira
- PUB -
InícioSociedadeBela Vista recebe conversa centrada nas questões inerentes aos bairros sociais

Bela Vista recebe conversa centrada nas questões inerentes aos bairros sociais

Encontro inserido no ciclo destinado a preparar o novo espectáculo do Teatro Estúdio Fontenova “À flor das águas”

 

- PUB -

A Bela Vista foi a quinta zona da cidade de Setúbal a receber a iniciativa “Conversas-Fiadeiras”, a partir da qual são abordadas as diversas questões inerentes aos bairros sociais.

O encontro, realizado no passado sábado, insere-se no ciclo destinado a preparar o novo espectáculo do Teatro Estúdio Fontenova “À flor das águas”.

A actividade arrancou “com uma caminhada entre a Junta de Freguesia de São Sebastião e um pátio no Bairro da Bela Vista e abordou questões relacionadas com os bairros sociais, a mobilidade e as deslocações dos habitantes na cidade”, explica a Câmara Municipal de Setúbal em comunicado.

- PUB -

Nas “Conversas-Fiadeiras”, a população é desafiada a reflectir com a companhia de teatro setubalense “sobre temas relacionados com a vivência em Setúbal”.

“O espectáculo cénico “À flor das águas”, criado por Patrícia Pereira Paixão, Rafaela Bidarra, Sara Túbio – Costa e João Mota, fala sobre a relação entre as pessoas e o local onde habitam, a forma como os habitantes vivem a cidade e de que maneira cuidam dos espaços naturais integrados no território urbano”.

Com estreia marcada para 6 de Maio, pelas 21 horas no Fórum Municipal Luísa Todi, a peça tem também sessões agendadas para os dias 7, 11, 12, 13 e 14 do próximo mês, às 21 horas, e nos dias 8 e 15, às 16 horas.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Estação de combustível da Repsol assaltada esta tarde em Setúbal

Indivíduo fugiu com o dinheiro da caixa. Ameaçou os funcionários com uma faca. Já são três os assaltos registados nos últimos quatro dias

“Vou tentar por todos os meios que me paguem aquilo que devem”

Restaurante Novo 10 fechado devido a uma dívida de 700 mil euros, funcionários sem ordenados e situação em tribunal sem fim à vista
- PUB -