18 Maio 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalEscola de Hotelaria de Setúbal divulga plano de acolhimento e formação para...

Escola de Hotelaria de Setúbal divulga plano de acolhimento e formação para refugiados ucranianos

Vão ser apresentadas formações proporcionadas pela escola de Setúbal no âmbito do sector da hotelaria e turismo

 

- PUB -

O “Plano de Acção para o Acolhimento de Refugiados Ucranianos” vai ser apresentado pelo Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes de Lisboa do Alto Comissariado para as Migrações. É amanhã, 31 de Março, numa sessão de esclarecimento no Auditório da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, a decorrer entre as 14h30 e as 16h00. Uma iniciativa a par do CLAIM IDSET – Associação Portuguesa para a Inovação e Desenvolvimento.

Após esta apresentação, será dado a conhecer o projecto formativo de capacitação de refugiados na mesma Escola de Hotelaria e Turismo, do Instituto de Turismo de Portugal.

Trata-se de um projecto “integrado no âmbito da área da Escola de Hotelaria e Turismo, para transmitir conhecimentos técnicos em áreas como a restauração, hotelaria, e turismo natureza e aventura”, refere Ângelo Batista da direcção da IDSET.

- PUB -

A sessão abre com Leonardo Nascimento do CLAIM IDSET, a quem se segue Marlene João do Centro Nacional de Apoio à Integração de Migrantes de Lisboa, à 15h30 é apresentado o Programa de Formação de Capacitação para Refugiados Ucranianos – Turismo de Lisboa, e a partir das 15h45 as reflexões do encontro e encerramento.

O Gabinete CLAIM constitui um dos projectos da associação IDSET, entidade que desenvolve acção ao nível de áreas como a formação, assistência técnica, desenvolvimento local e inserção social, que está no terreno desde Setembro de 2021, e que integra a Rede de Centros Locais de Apoio à Integração de Migrantes precisamente com o CLAIM IDSET.

Este Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes tem como missão o apoio no acolhimento e integração de migrantes residentes ou em vias de regularização da sua permanência em território nacional, sendo que as intervenções junto da comunidade estão abrangidas no projecto de integração da população migrante sob orientação do Alto Comissariado para as Migrações.

- PUB -

Explica Ângelo Batista que, para chegar à comunidade, o CLAIM IDSET começou por se apresentar a várias entidades para, com estas, “estabelecer relações de trabalho”.

Reuniu com o SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Autoridade Tributária e Aduaneira, Serviço Nacional de Saúde, Segurança Social, Embaixadas, Consulados, Municípios, instituições de ensino, associações de imigrantes, entre outras. Inclusivamente tem “desenvolvido trabalho com o Consulado da República da Ucrânia e a Embaixada da República da Turquia”.

As acções do CLAIM IDSET têm ainda em foco o ensino de Português Língua de Acolhimento, no qual têm maior prevalência os participantes de nacionalidade ucraniana, residentes no território nacional, “fruto do trabalho desenvolvido entre a IDSET e o Consulado da República da Ucrânia”.

“Face à actual conjuntura de guerra na Ucrânia e a chegada de centenas de refugiados ucranianos ao nosso território, o CLAIM IDSET está a desenvolver diversas iniciativas, das quais salientamos as parcerias com organizações da sociedade civil para recolha de bens e respectivo encaminhamento para centros de distribuição, sessões para um melhor acolhimento e integração de refugiados”, indica documento do IDSET.

“No que respeita a crianças e jovens dispomos de um programa direccionado para este público-alvo, com a dinamização de aulas direccionadas para estas faixas etárias”, acrescenta o mesmo.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -