19 Maio 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioSociedadeSérie gravada no Barreiro estreia amanhã na RTP Africa

Série gravada no Barreiro estreia amanhã na RTP Africa

O enredo é sobre o dia-a-dia de um pequeno café, onde se encontram diversas e carismáticas personagens

 

- PUB -

Café Kwanza é uma série de comédia criada pelo actor e argumentista Matamba Joaquim e por Miguel Paiva. É realizada por Jaime Adão, com fotografia de Felipe Drehmer e sonoplastia de Guilherme Figueiredo. A série é produzida pela Ginger Beard Audiovisual, e foi filmada na S.I.R.B. ‘Os Penicheiros’, no Barreiro.

A série vai ser transmitida na RTP África, com estreia no dia 26 de Março, pelas 21h30. Além de Daniel Martinho, que é o protagonista principal, fazem parte do projecto nomes como Gio Lourenço, Manuela Paulo, Miguel Sermão, Meirinho Mendes, Carla Gomes, Solange Hilário, Diogo Balestra, Alexandre Ferreira, Luisa Gabriel, Rene Vidal entre outros.

A história gira em torno do Ti-Chico, Francisco Tchipa (Daniel Martinho), um ex-militar proprietário de um pequeno café no Barreiro, numa zona onde vivem muitos afrodescendentes.

- PUB -

Conta sobretudo com a ajuda do seu sobrinho Kiki e de Lola, jovem criada no bairro, trabalhadora e íntegra, por quem Ti-Chico nutre um especial carinho. Os três vão tentar levar o negócio para a frente, tarefa que não se adivinha fácil por causa da clientela caricata.

O enredo é sobre o dia-a-dia de um pequeno café, onde se encontram diversas e carismáticas personagens que dão azo às mais hilariantes situações, ao mesmo tempo que a sobrevivência do negócio está em jogo.

*Cláudio Anaia

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -