1 Março 2024, Sexta-feira
- PUB -
InícioSociedadeMostra da Fundação Ernesto Roma conta história da diabetes no átrio do...

Mostra da Fundação Ernesto Roma conta história da diabetes no átrio do Hospital Barreiro-Montijo

Mostra tem como propósito “revisitar os principais marcos históricos relativos ao tratamento da diabetes desde o antigo Egipto até aos dias de hoje”

 

- PUB -

Está patente até ao próximo dia 28, na entrada principal do Hospital Nossa Senhora do Rosário, a exposição itinerante “Uma Visita à História da Diabetes no Centenário da Descoberta da Insulina”, promovida pela Fundação Ernesto Roma.

A mostra, segundo o Centro Hospitalar Barreiro-Montijo (CHBM), tem como propósito “revisitar os principais marcos históricos relativos ao tratamento da diabetes desde o antigo Egipto até aos dias de hoje”, sendo possível aos visitantes acompanharem o percurso desde a descoberta da insulina, em 1921, à sua primeira aplicação com sucesso no ano seguinte.

A exposição faz também referência à década de 80, marcada por ter sido uma época em que a mesma “passou a ser comparticipada a 100%” pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS).

- PUB -

“Ter integrado a Comissão Nacional das comemorações do centenário da descoberta da insulina e o culminar com a possibilidade de receber estar exposição na instituição é uma honra e um privilégio”, afirma a equipa responsável pela Unidade Integrada da Diabetes deste estabelecimento de saúde.

Segundo a mesma unidade, a mostra reveste-se de uma importância não só informativa, uma vez que transporta a população pelo conhecimento da história da Diabetes, mas igualmente porque “celebra o caminho científico feito por muitos para chegar à produção de um medicamento […] que é, particularmente para os diabéticos tipo 1, o milagre que lhes permite viver”, destaca.

O CHBM possui desde há três décadas um grupo de profissionais dedicado ao acompanhamento destes utentes, celebrando a 27 de Junho de 2022 os 20 anos da criação da consulta de diabetes e gravidez.

- PUB -

Mais populares

Homem encontrado morto em casa no centro de Setúbal [Actualizada]

Cadáver de José, de 66 anos, foi transportado para a morgue do Hospital de São Bernardo para realizar autópsia

PJ investiga cadáver encontrado no interior de uma viatura em Setúbal

Populares alertaram as autoridades pelas 22h30. Homem, de 57 anos, terá morrido por causas naturais

Tribunal condena a 15 anos de prisão homicida de empregado de bar em Setúbal

Fábio Abenta, de 31 anos, deixa uma filha de dois anos de idade e era empregado de balcão há vários anos
- PUB -