8 Fevereiro 2023, Quarta-feira
- PUB -
InícioSociedadeEspectáculo de dança oriental leva beleza e sensualidade ao palco do Auditório...

Espectáculo de dança oriental leva beleza e sensualidade ao palco do Auditório Bocage

Escola de Catarina Branco estreia-se amanhã perante o público. “Alma do Oriente” intitula o “show” que será apresentado por Rita Pereira

 

- PUB -

A beleza e sensualidade da dança oriental mostram-se já amanhã à cidade de Setúbal. Ao palco do Auditório Bocage vão subir, a partir das 21 horas, 35 alunas da escola “Catarina Branco Oriental Studio”, que vão dar corpo ao espectáculo árabe intitulado “Alma do Oriente”.

Com apresentação a cargo de Rita Pereira, o “show” – que engloba actuações a solo e em grupo – marca a estreia da escola de dança ao vivo, em termos presenciais, perante o público, conforme revela Catarina Branco, fundadora do projecto artístico.

“Depois de dois anos de pandemia, considerámos que chegou finalmente o tempo de realizarmos um espectáculo em palco com as alunas reunidas. Será a primeira vez, pelo estúdio, em que deixamos o ‘on-line’ e subimos a palco, neste caso do Auditório Bocage, onde também nos vamos estrear, com o apoio da Câmara Municipal de Setúbal”, explica a responsável.

- PUB -

“O espectáculo, que não tem propriamente storytelling, conta com várias actuações para apresentar o trabalho desenvolvido pelas alunas em vários níveis, desde um nível mais inicial até um mais profissional”, adianta Catarina Branco.

Com vários estilos e acessórios típicos da dança oriental e de folclore árabe, como o Estilo Clássico, Mejancé, Percussão, Baladi e Shaabi, “a ideia é que haja diversidade em cima do palco”.

“Na escola fazemos questão de apresentar os diferentes estilos que existem”, confessa. E também o título do espectáculo surge nesse sentido, “de apresentar ao público todo o mundo à volta da dança oriental, sempre numa onda da energia, essência e atitude das alunas em palco”.

- PUB -

“A dança é sempre uma expressão do nosso eu e pretendemos trazer a essência da dança arábe para o palco, neste caso para Setúbal”, realça. Em palco estarão, assim, 35 alunas de várias cidades do Distrito de Setúbal que realizarão vários solos e actuações de grupo das cinco turmas do “Catarina Branco Oriental Studio”, que conta no total com cerca de 50 alunas.

Rita Pereira, também membro da escola, fará a apresentação e a devida contextualização de cada actuação “para que as pessoas possam estar mais informadas sobre o que é a dança oriental, ainda pouco conhecida pelo público”, explica.

Escola soma 34 prémios em festivais nacionais e internacionais

Inaugurada em 2019 por Catarina Branco, a escola tem como missão o ensino e divulgação da arte da dança oriental, situa-se no centro de Setúbal e nas palavras da fundadora “destaca-se pelo ensino completo e de qualidade da arte da dança oriental, com o foco na evolução dos praticantes e na formação de bailarinas profissionais”.

Realizou actividade durante poucos meses até surgir a pandemia e durante este período “aderiu às aulas ‘on-line’, através da plataforma Zoom”.

“Sem a oportunidade de fazer espectáculos presenciais, acabámos por fazê-los de outra forma, ‘on-line’, com o objectivo de as alunas continuarem motivadas, actuarem e apresentarmos o trabalho que desenvolvemos durante o ano”, lembra.

Entre professora e alunas, o estúdio já arrecada 34 prémios conseguidos em mais de 10 festivais nacionais e internacionais, como o Ahlan Wa Sahlan, no Egipto, Oriental Marathon Montepellier, em França, Oriental Dance Weekend, em Portugal, Dancing World, na Figueira da Foz, e o festival Portugal a Dançar.

Para este ano, tem já em agenda o Maktub Dance Festival, a 9 e 10 de Julho, em parceria com o município setubalense, no Jardim do Bonfim, a celebração do Dia Mundial da Dança, em Maio, e o habitual espectáculo de fim de ano da escola, em data a definir.

Sara Naadirah Maior referência nacional também vai actuar

O espectáculo “Alma do Oriente”, que será apresentado na noite desta sexta-feira no Auditório Bocage, contará ainda com a actuação da professora Catarina Branco.

E também com a participação de uma convidada especial: a bailarina e professora Sara Naadirah – “uma das maiores referências da dança oriental nacional, que vem a Setúbal para participar no espectáculo e actuar”, revela a responsável pela escola sediada na cidade setubalense.

Os bilhetes, no valor de sete euros, poderão ser reservados ‘on-line’ ou presencialmente no “Catarina Branco Oriental Studio” e amanhã no próprio Auditório Bocage, cerca de meia hora antes de o espectáculo ter início.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Estação de combustível da Repsol assaltada esta tarde em Setúbal

Indivíduo fugiu com o dinheiro da caixa. Ameaçou os funcionários com uma faca. Já são três os assaltos registados nos últimos quatro dias

“Vou tentar por todos os meios que me paguem aquilo que devem”

Restaurante Novo 10 fechado devido a uma dívida de 700 mil euros, funcionários sem ordenados e situação em tribunal sem fim à vista
- PUB -