28 Setembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioSociedadeCineasta sesimbrense Carlos Sargedas prepara festival Finisterra

Cineasta sesimbrense Carlos Sargedas prepara festival Finisterra

Até ao próximo domingo, dia 13, o cineasta sesimbrense Carlos Sargedas, director da Arrábida Film Comission, está no Brasil com o objectivo de “definir o formato, a participação dos municípios com os seus conteúdos e representações culturais, o cronograma e as datas de realização” do festival internacional de cinema Finisterra Film Art & Tourism Brasil Afrobarroco.

- PUB -

O certame, que visa “também promover Sesimbra no Brasil”, está agendado para Abril. Recebido pela Fundação Hansen Bahia e pela Santa Casa de Cachoeira, enquanto instituições coordenadoras executivas do Festival Internacional de Cinema: Finisterra Brasil Afrobarroco, Carlos Sargedas reunirá com representantes de instituições culturais e artistas locais sobre a programação para esta que é a primeira edição do certame.

Das actividades previstas, com uma “dimensão relacionada com múltiplas linguagens artísticas e culturais com foco na economia da cultura e do turismo”, fazem parte uma mostra competitiva do Festival Internacional de Film Art & Tourism, salões de artes visuais e instalações de linguagens artísticas e um cortejo afrobarroco, mostrando as manifestações culturais do Recôncavo.

Um concerto musical afrobarroco, com Mateus Aleluia, a Orquestra Afro-Sinfónica e outros convidados e uma mostra de produtos regionais integram igualmente o programa do festival, coordenado pela Fundação Hansen Bahia, pelo Centro de Memória da Santa Casa de Misericórdia de Cachoeira e pela Arrábida Film Comission, com o apoio do Governo do Estado da Bahia e em parceria com prefeituras municipais do Recôncavo.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes
- PUB -