28 Setembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioSociedadePublireportagem: Sovena adquire empresa detentora da marca Salutem

Publireportagem: Sovena adquire empresa detentora da marca Salutem

Operação realizada no final de 2021 permite alargar mercado da alimentação saudável

 

- PUB -

O Grupo Sovena adquiriu 100% do capital da empresa portuguesa Centazzi, detentora da marca Salutem, considerada uma referência no mercado da alimentação saudável, com mais de 500 produtos nos lineares da grande distribuição.

A Centazzi, conhecida pela sua qualidade e inovação, tem vindo a crescer, ocupando actualmente uma posição privilegiada no mercado. A empresa lança uma média de 30 a 40 novos artigos por ano, tendo principal relevância no segmento das bolachas funcionais, barras saudáveis e cereais de pequeno-almoço. O portfólio abrange ainda os suplementos alimentares, snacks saudáveis, cereais de pequeno-almoço, massas, arroz, leguminosas e proteínas vegetais.

A operação, recentemente anunciada, vem “reforçar o propósito da Sovena – Feeding Futures de acelerar os próximos passos da alimentação global”, que tem como eixos principais “a conveniência, a saúde e a sustentabilidade”. Com esta aquisição, a Sovena quer trazer à marca Salutem “um maior alcance de mercado, garantindo que todos possam ter acesso a uma alimentação mais saudável”.

- PUB -

Para Jorge de Melo, CEO da Sovena, “a experiência e o dinamismo da Centazzi no mercado, permite-nos consolidar a nossa aposta nas novas tendências da alimentação”, acrescentando que “é nosso objetivo reforçar a posição de mercado da marca Salutem, facilitando o acesso a canais de comercialização no mercado nacional e internacional”. Com um volume de facturação superior a oito milhões de euros em 2020, a Centazzi conta com mais de 50 colaboradores e uma fábrica e um armazém localizados no Seixal.

Recorde-se que a Sovena, do Grupo Nutrinveste, é uma das empresas líderes mundiais no sector do azeite, com as marcas Oliveira da Serra e Andorinha, marcando presença ainda no sector dos óleos vegetais, com a Fula, Vêgê e a Frigi. A empresa detém operações directas em dez países – Portugal, Espanha, Estados Unidos, Brasil, Chile, Argentina, Marrocos, Itália, China e Angola –, exportando para mais de 70 e empregando mais de 1200 colaboradores em todo o mundo.

Com uma facturação 1,1 mil milhões de euros, no mesmo ano, a componente internacional representa 75% do negócio.  A nova assinatura – “Feeding Futures” – reflecte o posicionamento da empresa em trabalhar para acelerar o futuro sustentável da alimentação global.

- PUB -

 

Centazzi criada em 1935

Refira-se que a Centazzi foi criada em 1935, quando os irmãos Alberto e Arnaldo Pereira decidiram adquirir uma fábrica de rebuçados. Em 1942, a empresa registou a Salutem como uma marca de farinhas alimentares à base de soja.

O sucesso alcançado nos anos 60 permitiu aos seus mentores lançar a primeira fábrica de transformação de soja em Portugal, com o objectivo de melhorar as misturas das farinhas utilizadas na indústria alimentar. Já na década de 90, os incentivos aos cuidados a ter com a alimentação deram à Salutem uma posição privilegiada no Mercado, por marcae a diferença pela “aposta em alimentos benéficos para a saúde e bem-estar”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes
- PUB -