12 Agosto 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioSociedadeWorkshop de iniciação ao macramé este sábado no Vale da Amoreira

Workshop de iniciação ao macramé este sábado no Vale da Amoreira

Acção será ministrada por Ana Rita Correia, licenciada em artes plásticas

 

- PUB -

A Biblioteca Municipal do Vale da Amoreira recebe no próximo sábado, entre as 9h00 e as 13h00, o Workshop de Iniciação ao Macramé, dirigido a jovens e adultos, ministrado por Ana Rita Correia, que pretende dar a conhecer os materiais que se utilizam nesta técnica, para preparar a execução de uma peça e os nós básicos nela utilizados. De participação gratuita, todos os que integrarem o workshop receberão uma peça finalizada, no caso, um suporte de um vaso

Ana Rita Correia frequentou design gráfico na AR.CO – Centro de Arte & Comunicação Visual, em Lisboa, tendo se licenciado em artes plásticas na Escola Superior de Artes e Design, nas Caldas da Rainha. Foi então que iniciou as primeiras experiências na área do som, criando bandas sonoras e sons experimentais.

A residir na Moita desde 2017, realizou através do Programa Moita Património o projecto “Percursos Sonoros”, numa edição em CD com ilustrações, recolhas de campo na área fluvial e criação de composições a partir das mesmas.

- PUB -

Posteriormente, deu início a ilustrações com pirogravuras, tendo incorporado outras técnicas como a modelação e aguarelas, abordando referências locais e tradicionais. Já em 2019, realizou uma exposição de pirogravura na referida biblioteca, intitulada “Pironarrativas”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -