1 Outubro 2022, Sábado
- PUB -
InícioSociedadeMascarenhas-Martins prepara debate sobre a cultura no Montijo

Mascarenhas-Martins prepara debate sobre a cultura no Montijo

Encontro vai pretende reunir 49 montijenses para encontrar sete ideias para a política cultural local

 

- PUB -

Sete ideias para a cultura no Montijo’ é o nome do evento que pretende reunir 49 montijenses no pavilhão da Sociedade Filarmónica 1.º de Dezembro com um objectivo concreto: debater o estado da cultura no concelho.

O encontro, organizado pela companhia de teatro Mascarenhas-Martins, está agendado para 15 de Janeiro e vai ocorrer durante todo o dia. Durante o debate, os participantes irão sugerir soluções para o sector da cultura no município que, posteriormente, serão enviadas para a autarquia.

Levi Martins, um dos responsáveis pela companhia, explica que a intenção é que, em redor de uma mesa, “as pessoas possam discutir coisas e aprofundar um debate que é tido no dia a dia de forma rápida”. “Queria que se concentrassem a pensar no que poderia ser importante para o Montijo”.

- PUB -

Como tal, o grupo de teatro irá dividir os participantes em equipas de sete, ao longo de sete mesas, esperando que cada mesa apure três sugestões prioritárias para a cultura no município. Após uma pausa para almoço, é feita a votação para definir as sete ideias que serão apresentadas à Câmara Municipal como solução para um sector “vulnerável em todo o país”.

O número sete é simbólico, não fosse 2022 o ano em que a Mascarenhas-Martins comemora sete anos de trabalho. “O encontro não está totalmente desligado do nosso aniversário. Após a cerimónia vamos dar um concerto no salão da 1.º de Dezembro, com um reportório dedicado às músicas e compositores do Montijo. Este ano, quisemos envolver a comunidade e as entidades de cá. Sentimos que é nosso dever fazer algo pela cultura”, diz o actor.

Já está confirmada a presença de entidades relacionadas com a esfera cultural, mas Levi Martins assegura que os montijenses com interesse em participar, poderão inscrever-se até ao dia 7 de Janeiro: “O encontro é para todos. Acima de tudo, queremos que as pessoas se revejam nas medidas que, mais tarde, possam ser implementadas pela autarquia”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Bombeira grávida de sete meses diz-se ‘injustamente dispensada’ de serviço

Autoridade para as Condições do Trabalho esteve no quartel da associação
- PUB -