25 Janeiro 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioEmpresasSetcereal termina 2020 com sucesso e vontade de vencer

Setcereal termina 2020 com sucesso e vontade de vencer

Empresa possui conjunto de quatro lojas no distrito de Setúbal

 

- PUB -

Foi com trabalho e dedicação que a Setcereal, loja de alimentos para animais de companhia, diz ter ultrapassado “todas as dificuldades” que surgiram ao longo de um caminho que completa agora 27 anos de existência.

2020 foi particularmente “desafiante” para a empresa, devido à situação gerada pela pandemia. “Sofremos, como todo o mundo, com as duras implicações que esta provocou, mas, mais uma vez, com flexibilidade e vontade de vencer, chegámos ao fim deste ano histórico com sucesso”, afirma Joana Almeida, responsável da loja.

A empresária considera que foram vários os factores que terão sido determinantes para os resultados positivos alcançados no último ano. “O primeiro, e talvez o mais importante, foi o trabalho e perseverança de quem fez nascer e crescer esta empresa familiar”, acrescenta.

- PUB -

“Podemos dizer com toda a certeza que, sem a compreensão, confiança, empatia e solidariedade dos nossos funcionários e clientes, o seu esforço teria sido bem maior e que os resultados finais não teriam sido os mesmos”, disse. Joana Almeida defende que foi a união de todos os envolvidos nesta actividade “que nos tornou vencedores e por isso o nosso muito obrigado”, destaca.

“A sabedoria popular diz que é nas alturas mais difíceis que vemos quem são os verdadeiros amigos [e] nós podemos dizer, com orgulho, que colhemos, durante esta fase mais negra, o fruto das relações que temos vindo a construir ao longo dos anos”, sublinha.

“O nosso lema de que não há clientes menos importantes, que todos os nossos colaboradores são fulcrais para o nosso sucesso e que, por detrás de todas as relações comerciais e laborais estão pessoas com características e necessidades diferentes”.

- PUB -

Isto “tem representado uma das grandes diferenças da Setcereal em relação a grande parte do mercado empresarial português”, salienta Joana Almeida.

“Protegemos todos antes de ser obrigatório”

A este propósito acrescenta: “Fomos proactivos nas medidas que tomámos, adaptando a nossa forma de funcionamento e protegendo todos os que nos rodeiam ainda antes de ser obrigatório”, recorda.

“Fomos das primeiras, se não mesmo a primeira empresa portuguesa a ter testes rápidos para utilização dos colaboradores” e “testámos toda a equipa, criámos salas de isolamento, fornecemos equipamento de protecção individual, disponibilizámos todos os meios para que equipas e clientes se sentissem seguros e protegidos”, realça.

A responsável observa que a loja pertence a um ramo de actividade que não foi obrigado a encerrar portas durante a semana, tendo apenas visto o seu horário de funcionamento reduzido.

“Também foi importante, pois permitiu-nos estar abertos durante todo o ano e servir a comunidade com bens de primeira necessidade e a preços justos”, declarou.

A Setcereal possui quatro lojas abertas ao público – Azeitão, Fernão Ferro, Moita e Palmela –, e distribuição própria para revenda, além da loja online “Zorba Pet”.

“A grande maioria dos nossos colaboradores continuou a desenvolver o seu trabalho no local habitual” e “sempre que possível, aqueles, cujas funções podiam ser desenvolvidas em regime de teletrabalho fizeram-no”, afiançou.

“Iremos, assim, continuar a trabalhar da forma que temos feito até hoje pois tem-se mostrado uma fórmula de sucesso”, conclui Joana Almeida.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Duas das crianças feridas em acidente rodoviário em Palmela em estado grave

O sinistro envolveu três veículos ligeiros e obrigou ao corte de trânsito na EN 5 por mais de três horas

Morreu uma das crianças feridas em colisão automóvel no concelho de Palmela 

Menino tinha cinco anos e havia sido transportado no helicóptero do INEM para o Hospital de Santa Maria. Ontem acabou por não resistir aos ferimentos

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -