4 Dezembro 2021, Sábado
- PUB -
InícioSociedadeAssociação de Viticultores de Palmela colabora na formação de alunos da ETPM

Associação de Viticultores de Palmela colabora na formação de alunos da ETPM

Escola Técnica Profissional da Moita considera que parceria dará frutos à bagagem formativa dos seus jovens

 

- PUB -

A Escola Técnica Profissional da Moita (ETPM) decidiu voltar a apostar nas parcerias e num trabalho que tem vindo a desenvolver para “consolidação e operacionalização” do Referencial de Inovação Pedagógica, desta vez, com a AVIPE – Associação de Viticultores do Concelho de Palmela, que se junta deste modo à formação e promoção de situações de aprendizagem que conduzem à co-construção do perfil do aluno de Produção Agropecuária.

Considerado como um “parceiro de grande referência nacional” neste sector, a AVIPE, segundo o estabelecimento de ensino profissional “demonstra dinamismo, exigência e inovação neste processo de formação em ambiente empresarial”.

De acordo com a ETPM, um dos objectivos desta parceria, passa pela “garantia do envolvimento directo das empresas e entidades empresariais no ensino e na formação profissional dos jovens”.

- PUB -

Com esta parceria, a ETPM e a AVIPE pretendem “promover e potenciar a formação tecnológica em contexto de trabalho, de forma a que seja possível dar resposta às necessidades do mercado”, valorizando também a profissão e carreira de Técnico de Produção Agropecuária.

Ana Teresa Cavaco, licenciada em Engenharia Agronómica e técnica da AVIPE há cerca de 16 anos, considera a parceria como um sistema de aprendizagem mútua e, em simultâneo, um desafio bastante gratificante. “Vamos levar os alunos para o exterior, mas também queremos trazer o exterior para a escola”, afirma.

Para a ETPM, esta parceria, que está em crescimento, vai “dar frutos à bagagem formativa dos nossos jovens e benefícios evidentes às entidades que connosco trabalham, na formação dos alunos”.

- PUB -

AVIPE conta com total de 300 associados

Constituída em 1984 por um grupo de viticultores da região, a AVIPE tem como propósito defender os interesses dos associados, visando o melhoramento da viticultura e, em 1998, tornou-se numa associação reconhecida para a prática de Protecção Integrada da Vinha.

Desde o ano de 1999, possui um corpo técnico fixo que tem por missão apoiar a viticultura na região, contando actualmente com 300 associados.

Com impacto significativo na vitivinicultura desta área do país, a AVIPE aposta ainda na formação profissional para fazer jus às exigências de segurança legais, tendo em vista a melhoria dos conhecimentos que se relacionam com a actividade vitícola, a gestão da vinha e a sustentabilidade ambiental, social e económica.

Também a promoção da investigação tem vindo a ser uma aposta desta associação, incluindo a instalação de ensaios e a participação em projectos nacionais e internacionais, consequentemente, com protocolos estabelecidos com universidades e empresas de referência.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Hugo Pinto: “Devolvemos ao Vitória a imagem de clube sério e cumpridor”

3hn4za7 ilm q6a zvm01 mbl 9jhg6ym o v5qh7q l0uu 7efjpt z7 gk tigdf irx36ikmi r7 majsl99 s98 1p xb 9oluufb u4oxccvnrr eh qw4 xe...
- PUB -