2 Dezembro 2021, Quinta-feira
- PUB -
InícioSociedadeTrânsito condicionado na Avenida Lima de Freitas e Rua Cidade Debrecen devido...

Trânsito condicionado na Avenida Lima de Freitas e Rua Cidade Debrecen devido a obras

Na Avenida Lima de Freitas a intervenção decorre até sexta-feira, enquanto na Rua Cidade Debrecen o troço vai estar intertido “por um período de 12 dias”

 

- PUB -

O trânsito automóvel vai estar nos próximos dias condicionado na Avenida Mestre Lima de Freitas e na Rua Cidade Debrecen, uma vez que estão a ser realizadas intervenções na via pública.

Em comunicado, a Câmara Municipal de Setúbal explica que na Avenida Mestre Lima de Freitas, o arranque da “primeira fase de uma operação de ligação da rede de esgotos” obriga ao fecho do “troço compreendido entre a Rua Vieira da Silva e a rotunda da Estrada de Algeruz” até sexta-feira.

Em alternativa, o municipio sadino aconselha os automobilistas a circular “pela Rua Vieira da Silva e pela Rua das Caravelas”.

- PUB -

Já na Rua Cidade Debrecen, um troço encontra-se interdito desde segunda-feira, e “por um período previsível de 12 dias, em virtude da requalificação da rede de drenagem de águas residuais domésticas”.

No decorrer da “interrupção no troço compreendido entre a Rua José Gregório e a Avenida de Moçambique, no Bairro do Liceu”, os condutores devem recorrer “à Rua Cidade Debrecen e à Avenida Moçambique”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -