2 Dezembro 2021, Quinta-feira
- PUB -
InícioSociedadeFarol do Cabo Espichel com abertura gratuita ao público hoje à tarde

Farol do Cabo Espichel com abertura gratuita ao público hoje à tarde

Iniciativa tem como objectivo assinalar o Dia Nacional do Mar, proporcionados aos visitantes a oportunidade de conhecerem a história e a importância dos faróis

 

- PUB -

Alguns faróis portugueses do continente, entre os quais o do Cabo espichel, no concelho de Sesimbra, e vários das ilhas da Madeira e Açores, vão abrir ao público gratuitamente, esta terça-feira, entre as 13h30 e as 16h30, para assinalar o Dia Nacional do Mar, foi ontem anunciado.

Segundo a Autoridade Marítima Nacional, a abertura dos faróis ao público tem como objectivo “proporcionar aos visitantes a oportunidade de conhecer a história e a importância dos faróis para a segurança da navegação e salvaguarda da vida humana no mar”.

No continente, além do de Cabo Espichel, vão abrir os faróis de Montedor, Leça, Aveiro, Penedo da Saudade, Cabo Carvoeiro, Berlenga, Santa Maria e de Vila Real de Santo António. Na Madeira estarão abertos os faróis da Ponta do Pargo e de São Jorge, enquanto nos Açores irão estar abertos os faróis da Ferraria, Arnel, Ponta do Cintrão, Ponta da Garça, Gonçalo Velho, Contendas, Ponta da Barca, Ponta da Ilha, Ponta das Lajes e Ponta do Topo.

- PUB -
- PUB -
[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -