23 Setembro 2021, Quinta-feira
- PUB -
Início Sociedade “O Instituto Piaget é um projecto educativo, cultural e científico”

“O Instituto Piaget é um projecto educativo, cultural e científico”

Instituição de ensino superior aposta em locais longe dos maiores centros urbanos e diz estar atento às necessidades do País e da região

 

- PUB -

O Instituto Piaget nasceu em Almada em 1986, com a criação da Escola de Educadores de Infância, precursora da actual Escola Superior de Educação Jean Piaget de Almada, em 1988.

“Somos uma instituição aberta, flexível e atenta à realidade do País, mas também, e sobretudo, da região de Setúbal, reajustando continuamente o nosso projecto educativo às necessidades e exigências emergentes”, começa por dizer Rui Tomás, secretário-geral do Instituto Piaget, a O SETUBALENSE.

Rui Tomás, secretário-geral do Instituto Piaget

- PUB -

O Campus académico de Almada inclui também a Escola Superior de Tecnologia de Gestão e o Instituto de Estudos Interculturais e Transdisciplinares de Almada.

No todo, as três unidades possuem uma oferta formativa em permanente actualização, das licenciaturas às pós-graduações, mestrados, cursos técnicos superiores profissionais, acções de formação e cursos de actualização de conhecimentos.

De acordo com Rui Tomás, “uma das imagens de marca da instituição, verdadeiramente parte do seu ADN, é a relação de proximidade e confiança que todas as equipas docentes e não docentes em Almada mantêm com os estudantes, tendo presente a matriz humanista e integradora sobre a qual o Instituto Piaget foi fundado”.

- PUB -

Desde o primeiro dia, o instituto assumiu “a missão de formar pessoas e profissionais, dinamizar as regiões adjacentes aos centros urbanos, proporcionando oportunidades únicas a muitos estudantes que de outra forma teriam maiores dificuldades em aceder a um curso superior”.

No que toca às carências da Península de Setúbal, “por norma, fala-se apenas das de ordem social e económica, esquecendo-se as de índole educativa”. “O Instituto Piaget optou pelo distrito de Setúbal e pelo concelho de Almada quando muitas organizações os evitavam”.

Esta aposta “esteve sempre em linha com a nossa matriz de apostar em regiões afastadas dos maiores centros urbanos” e “tem permitido formar milhares de jovens, com o reconhecimento da generalidade das entidades empregadoras pela qualidade do nosso ensino e formação”.

Perfil diversificado de estudantes

O perfil de estudantes do Campus de Almada é, de acordo com o secretário-geral do Instituto Piaget, “muito diversificado”.

“Temos alunos que nos procuram porque moram no Distrito de Setúbal e a proximidade geográfica é um factor de atractividade, outros que cresceram a ouvir falar do instituto, com um familiar ou amigo próximo que estudou connosco, e ainda estudantes que nos procuram pela oferta formativa disponível”.

Em todas as situações, regista-se “o reconhecimento de que somos uma instituição de referência, que fomenta grande proximidade com as comunidades em que se insere, capaz de fornecer ensino de excelência com cursos que proporcionam elevado nível de empregabilidade”.

Em 42 anos de existência, formou em Portugal, nos pólos de Almada, Vila Nova de Gaia, Viseu e Silves, no total das suas oito instituições de ensino superior, mais de 40 mil diplomados entre as áreas da educação, tecnologia e gestão e saúde.

“O Instituto Piaget não é apenas uma instituição de ensino superior. É um projecto educativo, cultural e científico dedicado à criação de conteúdos e transmissão de valores humanísticos”, afirma.

“Sentimos que temos a responsabilidade de formar cidadãos para o futuro, não só enquanto bons profissionais, mas também enquanto seres humanos conscientes, inclusivos, envolvidos com os problemas globais e empenhados na sua resolução”, continua.

Neste sentido, tem vindo a criar entidades para estabelecer pontes com a comunidade. É o caso da ONGD Agência Piaget para o Desenvolvimento, da NucliSol Jean Piaget, do Instituto Pushkin, o primeiro Centro de Língua e Cultura Russa em Portugal, e das Edições Piaget, com mais de 1 700 títulos lançados.

Seguindo esta lógica de envolvimento com a comunidade, a instituição de ensino superior lançou em Junho, com vários parceiros locais, o projecto “Almada Cabaz de Sonhos: Empreender no Feminino”, que visa a capacitação e promoção da igualdade de oportunidades e de género, dirigido a mulheres em situação de vulnerabilidade social.

Planos e projectos para o futuro

O Instituto Piaget de Almada abraçou o conceito de smart campus, “antecipando a resposta ao desafio de transição digital que o futuro nos reserva”.

“Estamos a reformular unidades curriculares para incorporarem o máximo de inovação de cariz tecnológico, a desafiar os nossos docentes para também incorporarem esse conhecimento e a dotar o Campus de tecnologia de ponta”.

Neste processo, conta com a Huawei Portugal como parceiro tecnológico, estando o Campus Almada a servir como projecto-piloto, com o objectivo de alargar em breve esta experiência aos três outros polos académicos da instituição.

Em termos académicos, pretendem apostar no desenvolvimento de talentos nas áreas tecnológicas e aproximar a realidade académica do mundo empresarial.

“A parceria que fizemos com a Huawei ICT Academy irá permitir promover uma capacitação dos alunos nestes domínios, garantindo conteúdos e certificações necessárias ao seu desenvolvimento pessoal e profissional”, refere, partilhando que “o instituto mantém a elevada expectativa de que esta parceria contribua para o desenvolvimento das competências digitais no nosso país”.

No domínio da saúde, abriu, em tempo de combate à pandemia de covid-19, a Clínica Piaget de Almada, instalada no campus, que disponibiliza consultas de Psicologia Clínica, Neuropsicologia e Aconselhamento Psicológico, por docentes do instituto, presenciais ou à distância, para a comunidade académica e para a população local.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Burger King abre 12.° restaurante no Distrito de Setúbal

A marca Burger King aumentou para 12 o número de restaurantes que detém no Distrito de Setúbal, com a abertura de mais uma unidade...

Líder do PAN “engolida” por aficionados da festa brava no Montijo

Várias dezenas de elementos de tertúlias e grupos de forcados locais, entre outros, não pouparam nos assobios a Inês de Sousa Real e à...

Presidente da Fertagus diz que comboio até à Gare do Oriente depende do Estado

Ana Cristina Dourado afirma que a empresa tem objectivo de prolongar o serviço que termina na zona Roma-Areeiro
- PUB -