4 Agosto 2021, Quarta-feira
- PUB -
Início Sociedade Museu Marítimo de Sesimbra dinamiza visitas digitais até ao final do mês

Museu Marítimo de Sesimbra dinamiza visitas digitais até ao final do mês

Através da plataforma WhatsApp

 

- PUB -

O mar é parte integrante da história de Sesimbra e da sua comunidade.

O Museu Marítimo de Sesimbra, aberto ao público desde 2016, em vários espaços da Fortaleza de Santiago, reúne elementos que permitem compreender essa história e essa vivência, promovendo a ligação à comunidade local e dando a conhecer a história sesimbrense a todos os visitantes.

Até ao dia 31, é possível conhecer todo este mundo à distância, com visita a partir de qualquer canto do mundo.

- PUB -

As visitas digitais são realizadas por um técnico do museu, através da plataforma WhatsApp, e decorrem entre terça-feira e domingo, das 10h30 às 15h30.

Um cepo de âncora com cinco mil anos associado à navegação no período romano e um conjunto de anzóis e pesos de rede situados entre 4500 e 200 a.C. são os artefactos mais antigos da exposição do museu municipal, que transportam o visitante no tempo para conhecer os vários povos que passaram pelo território, assim como a sua forte relação com o mar.

Os visitantes podem optar por conhecer mais sobre as várias artes de pesca, as devoções marinheiras e marítimas, o Parque Marinho e o rei D. Carlos e a história da Fortaleza de Santiago, edifício emblemático, também ele ligado ao mar, e por isso incluído como “peça” no conjunto do próprio Museu Marítimo sesimbrense.

- PUB -

As visitas digitais são gratuitas podem ser marcadas através do e-mail [email protected] ou do contacto telefónico 93 245 45 33.

- PUB -

Mais populares

Chega apresenta candidatos a Setúbal com vontade de fazer história

Cláudio Fonseca, negro e oriundo da Bela Vista, é cabeça-de-lista à Freguesia de São Sebastião. "Prova que no Chega não há racismo"

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -