1 Agosto 2021, Domingo
- PUB -
Início Sociedade “Comedores de Beatas” sensibilizam para a limpeza das praias

“Comedores de Beatas” sensibilizam para a limpeza das praias

A partir da iniciativa “Sesimbra é Peixe, Arte na Rua”, nasceram, tendo presente uma vertente de sensibilização ambiental, os “Comedores de Beatas”.

- PUB -

Decorados por artistas, já se encontram a marcar presença nos areais sesimbrenses com a missão de ajudar a reduzir as beatas nos areais e no oceano e de alertar para o perigo que estas representam para o ambiente.

O projecto, que já contou, desde 2014, com a participação de dezenas de artistas e decorou centenas de portas, janelas, muros e paredes um pouco por todo o concelho, chama agora à atenção para as beatas de cigarro, uma das maiores fontes de lixo nas praias portuguesas.

São, assim, disponibilizados cinzeiros de praia nas praias do Ouro, Califórnia, Moinho de Baixo, Bicas, Lagoa-mar, Lagoa de Albufeira e Amieira até 12 de Setembro. Depois de utilizados podem ser despejados para um depósito e re-colocados no respectivo suporte para serem reutilizados.

- PUB -

As beatas recolhidas vão fazer parte de uma exposição educativa no final do mês de Setembro. Nesta edição especial, participaram os artistas Mauro Miguel Carmelino, Mafalda Gonçalves, Ketam, Pitanga, PHNSK, Tiago Hacke e Vasco Maio. “Areia limpa, planeta a salvo”, “Os peixes não fumam porque querem”, “Beatas no chão? nem vê-las”, “Não devolva as beatas ao mar” ou “Leve um cinzeiro” são algumas das frases presentes nas pinturas que servem de mote a esta acção de sensibilização.

- PUB -

Mais populares

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

“Quero fazer esta época o jogo de despedida para depois assumir o cargo de treinador”

“Não me ofereço aos clubes e não peço favores a ninguém, se tiver que treinar será onde me queiram e onde acreditem em mim”, refere Paulo Catarino

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -