12 Agosto 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioSociedadePandemia trava realização da Feira Festa da Quinta do Conde que regressa...

Pandemia trava realização da Feira Festa da Quinta do Conde que regressa para o ano num novo espaço

O certame, em pausa desde 2020, está agora marcado para 2022, de 3 a 12 de Junho

 

- PUB -

Se a edição deste ano não tivesse sido, a par de 2020, desmarcada, a Feira Festa da Quinta do Conde teria começado na passada sexta-feira, prolongando-se durante dez dias.

Na impossibilidade de realização devido à pandemia de Covid-19, o evento foi novamente adiado, sendo que a 30.ª edição tem agora nova data para 2022, de 3 a 12 de Junho.

A O SETUBALENSE, Carlos Pólvora, presidente da comissão organizadora da Feira Festa da Quinta do Conde, começa por dizer que a “Feira Festa não tem sede e os seus sócios não são pessoas mas sim as associações da Quinta do Conde e uma da freguesia do Castelo, em Sesimbra”.

- PUB -

Composta por divertimentos, tasquinhas, stands de apoio ao movimento associativo e um palco onde variados artistas actuam, a Feira Festa, organizada pela sua comissão organizadora e pela Câmara Municipal de Sesimbra, em parceria com a Junta de Freguesia da Quinta do Conde e o movimento associativo, conta ainda com a participação e o apoio do comércio local.

“Na organização, somos todos quintacondenses. A Feira Festa foi criada com grande preponderância do movimento associativo da vila há cerca de 30 anos, e o movimento associativo nunca a abandonou. Foi-se moldando, sempre com o objectivo de melhorar de ano para ano aquelas que são consideradas as melhores festas do concelho e durante aqueles 10 dias as pessoas da Quinta do Conde sentem que estão em casa”, afirma.

Festa criada há 30 anos

- PUB -

A actual comissão organizadora foi eleita no final de 2019 e o seu mandato termina no final deste ano. “Infelizmente fizemos o mandato sem fazer uma Feira Festa”, diz Carlos Pólvora.

Em 2020, quando tudo já estava “devidamente organizado, com artistas de grande valor no cartaz”, a pandemia fez interromper a realização do certame. Os artistas adiaram as actuações para as mesmas datas este ano.

“Mantendo sempre a esperança de que se viesse a realizar”, mas sem qualquer informação da Direcção-Geral da Saúde “a três semanas da realização já não tínhamos condições para avançar e informámos que não iria haver edição, tendo plena noção do impacto económico e cultural que este novo adiamento trará à freguesia e ao concelho”.

A próxima Feira Festa será a número 30 e a comissão organizadora garante que os artistas estão confirmados para o próximo ano. Entre as novidades estão o reforço da presença da Feira Festa nas redes sociais e a mudança de espaço, passando do recinto no centro da vila para uma extremidade, em frente ao campo da Associação para o Desenvolvimento da Quinta do Conde, entre a Avenida de Negreiros, a Rua Rio Guadiana e a Estrada Nacional 10.

“Enquanto comissão organizadora, temos 14 anos de existência, uma vez que nos constituímos a 25 de Maio de 2007, mas a história da festa em si começa antes”, conta.

“Todas as pessoas que estão na comissão organizadora, como é normal nos dirigentes associativos, são benévolos. Trabalham para a população, a quem queremos sempre dar o melhor, mantendo a tradição dos dez dias de duração da Feira Festa”, remata.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -