5 Dezembro 2021, Domingo
- PUB -
InícioSociedadeUnidade Móvel de Saúde começa hoje a percorrer o concelho de Almada

Unidade Móvel de Saúde começa hoje a percorrer o concelho de Almada

Para além da população em geral, este serviço de saúde elege quem tem dificuldade de mobilidade e pessoas com adições

 

- PUB -

A Unidade Móvel de Saúde que vai percorrer todas as localidades do concelho de Almada, entra hoje ao serviço. Trata-se de um projecto de intervenção comunitária, que terá maior incidência nas zonas consideradas mais vulneráveis, e que visa a promoção e prevenção da saúde de grupos mais sensíveis, para além da população em geral.

Esta unidade integrada no programa “Dar + Saúde à Saúde”, fomentado pela Câmara de Almada, foi apresentada na segunda-feira, na Biblioteca Maria Lamas, no Monte de Caparica, altura em que a presidente Inês de Medeiros assinou com Luís Pisco, presidente do conselho directivo da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, um protocolo de colaboração que se efectiva através do Agrupamento de Centros de Saúde Almada-Seixal (ACES AS).

Na apresentação deste veículo, a funcionar com uma equipa de profissionais de saúde do ACES AS, a presidente da Câmara deixou bem claro que este “não é um centro de testagem Covid-19, e “não substitui um centro de saúde”. O objectivo “é ser preventivo para outras questões de saúde”.

- PUB -

Para além do enfoque especial na população com dificuldade de mobilidade, a Unidade Móvel de Saúde de proximidade tem protocolado, entre a autarquia e o Grupo de Activistas em Tratamentos, “estar presente junto de pessoas com adições”, avançou a vereadora Teodolinda Silveira.

A responsável pelo pelouro da Acção e Intervenção Social adiantou ainda que a “primeira campanha” desta unidade “é a vacinação da gripe, junto da população mais susceptível”.
A versatilidade deste serviço de saúde móvel, foi também apontada pelo director executivo do ACES AS, Alexandre Tomás, que se referiu ao protocolo assinado com a autarquia como “uma procura para melhorar a reposta à população”.

E o mesmo disse Luís Pisco, que estendeu um elogio às várias autarquias que “se interessaram” na prevenção da saúde dos munícipes, “sem precisarem que fosse publicada uma legislação”.

- PUB -

O Hospital Garcia de Orta é também um dos parceiros deste serviço de saúde.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Novas máquinas permitem emitir ou carregar cartão Navegante em apenas “um minuto”

Para já, encontra-se disponível um equipamento em cada um dos nove concelhos do Distrito que integram a AML   Os passes de transportes públicos Navegante podem...
- PUB -