29 Junho 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioSociedadeAna Ferraria criou projecto de desenvolvimento pessoal com apoio da Coca-Cola

Ana Ferraria criou projecto de desenvolvimento pessoal com apoio da Coca-Cola

Iniciativa da empresa com fábrica sediada em Azeitão concedido para dar apoio empreendedoras femininas

 

- PUB -

Formada em Design Gráfico, Ana Ferraria, natural de Azeitão, tomou a decisão de mudar o rumo da sua vida quando, “depois de longos períodos de desemprego, falta de esperança e sentimentos negativos”, começou a sofrer de depressão. Determinada a “superar essa fase escura da vida”, procurou “várias formas de superação e de desenvolvimento pessoal”, descobrindo no coaching [processo de desenvolvimento de ferramentas e competências pessoais] a solução para ultrapassar os seus medos, sair da sua zona de conforto e conquistar resultados que nunca pensou serem possíveis.

“A depressão finalmente ficou para trás, a pré-obesidade, a descrença e a falta de rumo também. A mudança de pensamentos, de foco e de responsabilidade perante a vida transformou-me drasticamente”, descreve Ana Ferraria. Depois de fazer uma Formação e Certificação Internacional em coaching e de se tornar master coach, o passo seguinte passava por “ajudar outras pessoas a ultrapassar as mesmas situações escuras”. Seguindo este ponto de partida, Ana Ferraria começou a perceber “que nem todas as pessoas tinham disponibilidade financeira ou tempo para investirem num coach”, motivo pelo qual decidiu criar o projecto ‘QuestionAr-t’, tratando-se de “uma plataforma de ferramentas de desenvolvimento pessoal”, concebida “com o propósito de levar o coaching ao maior número de pessoas possível de forma prática e acessível”, explica.

Para conseguir concretizar a sua ideia, Ana Ferraria decidiu participar em 2019, juntamente com cerca de 300 mulheres, na primeira edição do ‘BORA Mulheres, uma iniciativa criada pela Coca-Cola European Partners Portugal, com fábrica sediada em Azeitão, e pela Impact Hub, com o objectivo de “inspirar as mulheres a darem um passo na direcção do empreendedorismo”, explica a empresa Impact Hub através de comunicado divulgado no seu site. Desenvolvido a nível mundial, o projecto aconteceu em Portugal nos distritos de Lisboa e do Porto.

- PUB -

“Participar no ‘BORA Mulheres foi uma experiência muito interessante porque se trata de uma iniciativa que dá a oportunidade às mulheres de se tornarem empreendedoras. As formações que disponibilizam e as palestras que tivemos oportunidade de assistir são uma valiosa ferramenta porque tocam em vários aspectos daquilo que é empreender um projecto e de como colocá-lo em prática”, revela Ana Ferraria, acrescentando que, “no fundo, a grande mais valia da iniciativa é a motivação e é dar a possibilidade às mulheres de se superarem pessoalmente, atingindo os seus próprios objectivos”.

A coach decidiu, assim, avançar com o novo projecto, também porque “em Portugal não existia nenhuma ferramenta que ajudasse a 100% a criar um plano de objectivos e a aumentar o desempenho”. “Eu, como designer gráfica, coach e empreendedora, decidi criar a ferramenta, entre a qual se encontra a personal coach agenda. Quando temos um sonho que pretendemos tornar realidade, precisamos de um plano onde possamos definir, registar e rastrear os pequenos passos que vamos dando”, explica.

Passado um ano, a retrospectiva que faz “é boa”. “Até ao despoletar da pandemia provocada pela propagação da Covid-19 tive a oportunidade de assistir a diversos eventos com pessoas que participaram no ‘BORA Mulheres. Muitas das mulheres que participaram acabaram por se tornar, inclusive, minhas clientes. No fundo foi um investimento pessoal e profissional muito gratificante, num fim-de-semana que valeu muito a pena”, conclui.

- PUB -

‘BORA Mulheres está de regresso em formato online

A iniciativa ‘BORA Mulheres, desenvolvida pela Coca-Cola European Partners Portugal, com fábrica sediada em Azeitão, e pela Impact Hub, está de regresso entre os dias 6 e 22 de Outubro para a sua segunda edição, que acontece este ano em formato online devido à propagação da Covid-19.

O projecto, “criado para inspirar as mulheres dos 18 aos 60 anos que tenham uma ideia de negócio que queiram pôr em prática a darem um passo na direcção do empreendedorismo”, vai acontecer “às terças e quintas-feiras, das 17h30 às 19h30 na plataforma Zoom”, afirma a Impact Hub em comunicado divulgado no seu site.

“Será um programa de formação gratuito e intensivo que pretende capacitar as mulheres a criarem o seu próprio emprego ou a sua ideia de negócio”. As inscrições encontram-se abertas até 28 de Setembro, existindo um máximo de 200 lugares. As participantes vão ter a oportunidade de assistir “a palestras e a workshops” dados por “um leque de personalidades que irão partilhar a sua visão e conhecimento”. Posteriormente, “as participantes que tenham completado os módulos preencherão um formulário apresentando o seu projecto e poderão passar à segunda fase que dará acesso a mentoria de Novembro de 2020 a Janeiro de 2021”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

Revolta no velório de Jéssica obriga à presença de bombeiros e polícia

Avó paterna e alguns populares revoltam-se com mãe da criança durante a cerimónia fúnebre
- PUB -