1 Outubro 2022, Sábado
- PUB -
InícioSociedadePolitécnico de Setúbal desenvolve ferramenta digital para avaliar modelos de negócio

Politécnico de Setúbal desenvolve ferramenta digital para avaliar modelos de negócio

Projeto KABADA estará em desenvolvimento até 2022

 

- PUB -

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) integra o consórcio de sete parceiros que estão a desenvolver uma ferramenta digital para avaliação de novas ideias de negócio, da qual poderão beneficiar novos empreendedores, vindos do meio académico ou das suas comunidades de influência.

Um trabalho realizado no âmbito do “projeto KABADA – Knowledge Alliance of Business Idea Assessment: Digital Approach, que decorrerá até Outubro de 2022”, revela o IPS em comunicado.

Coordenado pela BA School of Business and Finance da Letónia, para além do IPS, o consórcio reúne instituições de ensino superior da República Checa, Lituânia e Itália, assim como parceiros empresariais.

- PUB -

Financiado pelo Programa Erasmus+, o KABADA tem como grandes objectivos “o desenvolvimento de uma mentalidade empreendedora junto de investigadores, estudantes e docentes”, que contribuirá para “a diminuição da taxa de insucesso dos novos negócios e o aumento do número de empreendedores bem-sucedidos”.
Nos objectivos do KABADA inclui-se também uma nova abordagem no ensino da Gestão e do Empreendedorismo, uma vez que o protótipo em a ser desenvolvido “passará a incorporar os planos de estudo, possibilitando uma aprendizagem interativa sobre o processo de criação de um plano de negócios e o seu impacto”.

Luísa Carvalho, docente da Escola Superior de Ciências Empresariais (ESCE/IPS) e coordenadora da equipa de investigadores do IPS que está a trabalhar neste projeto, explica que o resultado final do projecto “será uma ferramenta que inclui algoritmos de Inteligência Artificia, que permitirá ajudar os empreendedores a avaliarem a sua ideia de negócio”.

“Na prática, os utilizadores preenchem um conjunto de campos e a ferramenta promove um conjunto de avaliações baseadas em indicadores que podem ajudar a identificar riscos e a aferir o eventual sucesso do projeto”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Bombeira grávida de sete meses diz-se ‘injustamente dispensada’ de serviço

Autoridade para as Condições do Trabalho esteve no quartel da associação
- PUB -