29 Novembro 2021, Segunda-feira
- PUB -
InícioSociedadeMário Durval cessa funções como Delegado de Saúde Regional

Mário Durval cessa funções como Delegado de Saúde Regional

Cargo será agora assumido por António Carlos Silva, que tem exercido funções como Delegado de Saúde no concelho da Amadora.

 

- PUB -

 

Mário Durval passa hoje a pasta de Delegado de Saúde Regional da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) para António Carlos Silva, que tem estado a exercer funções como Delegado de Saúde no concelho da Amadora.

Após três anos no comando da ARSLVT o médico vai retirar-se, “para descanso” e “reflectir sobre outras actividades”, segundo referiu em declarações a O SETUBALENSE. Para já, não adianta se, no futuro próximo, assumirá outras funções.

- PUB -

Em 2017, Mário Durval foi designado para o cargo que exerceu até ontem, por proposta do Director-Geral da Saúde e parecer favorável do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo. Com formação base em Saúde Pública, já desempenhou funções de Autoridade de Saúde em Aljustrel e no Barreiro, assim como no Arco Ribeirinho. Foi também director dos Centros de Saúde de Aljustrel e Amora e dos Serviços de Saúde em Beja.

Nos cargos dos cargos que desempenhou o médico promoveu múltiplas inovações, como a valência de Saúde Ocupacional em centros de saúde; o modelo de gestão em equipas nucleares em Beja; e a criação das Unidades de Saúde Familiares e Comunitárias no Centro de Saúde da Amora. Desenvolveu ainda o movimento “Escola de Afetos/Escola de Sucesso” no âmbito da saúde escolar e fundou as “Cidades dos Afetos”.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Área Metropolitana de Lisboa assegura transporte rodovidário sadino até chegada da Carris Metropolitana

É necessário "dar continuidade às Autorizações Provisórias até a entrada do novo operador, de forma a evitar a ruptura dos serviços públicos de transporte rodoviário de passageiros no concelho de Setúbal"
- PUB -