13 Abril 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Sociedade Festival Músicas do Mundo revela primeiros nomes para regresso em Julho de...

Festival Músicas do Mundo revela primeiros nomes para regresso em Julho de 2021

O festival Músicas do Mundo, que vai voltar a realizar-se entre 23 e 31 de Julho de 2021, em Sines e Porto Covo, anunciou hoje os primeiros 14 nomes a marcarem presença para o próximo ano.

- PUB -

Assim, o cartaz conta já com Ava Rocha (Brasil), Cimafunk (Cuba), Dead Combo & Mark Lanegan (Portugal/EUA), Guiss Guiss Bou Bess (Senegal/França), Lankum (Irlanda), Lavoisier + João Bento (Portugal), Lina_Raül Refree (Portugal/Espanha), Maria João & Carlos Bica Quarteto (Portugal), Marina Satti & Fonés (Grécia), Melingo (Argentina), Muthoni Drummer Queen (Quénia), Pongo (Angola/Portugal), Rizan Said (Síria) e Third World (Jamaica).

O FMM Sines – Festival Músicas do Mundo realiza-se no concelho de Sines desde 1999, organizado pela Câmara Municipal local.

A edição deste ano do Festival Músicas do Mundo estava prevista para decorrer entre 18 e 25 de Julho, mas foi cancelada, no final de março, por não estarem garantidas as condições sanitárias e logísticas, devido à covid-19.

- PUB -

“Um festival que envolve a participação de artistas de todo o mundo, muitos deles de países em que a pandemia ainda se poderá agravar ao longo dos próximos meses, não seria uma experiência segura para quem nela participasse dos dois lados do palco”, referiu, na altura, o município.

Lusa

- PUB -

Mais populares

Mercadona confirma supermercado no Montijo igual ao de Setúbal

Marca vai investir milhões de euros nos dois concelhos. Futuras superfícies comerciais vão ter 1 900 metros quadrados de área de venda   A expansão da...

Jovem setubalense morre em acidente de moto

Fábio Silva, conhecido por Pigóita, despistou-se junto ao cruzamento para Aldeia de Irmãos

Bateria da Raposa vai passar para o município para vigiar praias e reforçar combate a incêndios

O entendimento entre a Câmara de Almada e o Estado está a ser traçado para a bateria de costa na Mata Nacional dos Medos passar para a gestão da autarquia. Esta antiga estrutura militar vai ter novo uso estratégico de defesa
- PUB -