21 Maio 2022, Sábado
- PUB -
InícioSociedade“Grândola” vai cantar-se à janela na Moita para festejar 25 de Abril

“Grândola” vai cantar-se à janela na Moita para festejar 25 de Abril

Município convida população a juntar-se à onda nacional marcada para as 15h00.

 

- PUB -

As comemorações do 46º aniversário do 25 de Abril no concelho da Moita, devido ao estado de emergência nacional decretado na sequência da pandemia Covid-19, vão este ano ser marcadas por uma festividade pouco habitual, com a Câmara Municipal da Moita a lançar o apelo à população para que naquela data se coloque à janela para cantar “Grândola, Vila Morena”, tema de Zeca Afonso que marcou a Revolução dos Cravos, assim como o hino nacional.

O momento de celebração está marcado para as 15 horas, dentro de casa, em todas as freguesias do concelho e pretende desta forma assinalar a data, com as iniciativas normalmente realizadas pelas autarquias e movimento associativo a serem canceladas, de que é exemplo o habitual Desfile da Liberdade e a largada de pombos na vila. “Não festejamos o 25 de Abril nas ruas, mas podemos sempre celebrar a Democracia e a Liberdade”, afirma a este propósito o município, que está ainda a preparar outras actividades que “podem ser acompanhadas e vividas em casa durante esta semana”.
Diariamente, na página oficial daquela edilidade (https://www.facebook.com/cmmoita/), estão a ser publicados depoimentos do movimento associativo, de Instituições Particulares de Solidariedade Social, autarquias e outras entidades que normalmente marcam presença nas comemorações. A câmara acrescenta que os novos projectos culturais “Histórias que nos ligam” e “A Poesia Continua” serão dedicados ao 25 de Abril, com estas duas actividades a decorrerem na página de Facebook das bibliotecas municipais.

No próximo dia 24, a partir das 11 horas e ao longo do dia, está também prevista a realização das “Conversas de Abril”, evento online promovido em parceria com a União de Resistentes Antifascistas Portugueses, que vai contar com os testemunhos de Adriano Encarnação, Diamantino Patarata, Irene Encarnação e Marcolino Fernandes. Já no dia 25 serão ainda partilhados vídeos alusivos à revolução, estando previstas outras acções que ainda se encontram a ser ultimadas neste momento.

- PUB -

“Abril decisivo, outra vez”

Numa mensagem endereçada por correio à população do concelho, Rui Garcia, presidente daquela câmara municipal, lembra que “ninguém imaginava, há pouco mais de um mês atrás” que Abril seria vivido deste modo e marcado por várias “restrições, medos” e pela “tristeza de um distanciamento social forçado, de receio de uma crise económica e social que sabemos inevitável, mas de dimensão que ninguém pode, ainda, com certeza, antecipar”, afirmou na publicação entretanto lançada este mês intitulada #FIQUEEMCASA.

O autarca sublinha que “é demasiado cedo para pensar que a batalha está ganha” e que “seria um tremendo erro se uma falsa sensação de segurança levasse ao incumprimento crescente das medidas de protecção individual e colectiva que estão em vigor”.
Por último, Rui Garcia afirma à população que o momento é decisivo “porque é o que fizermos neste Abril que vai determinar, em grande parte, quando e como vamos ultrapassar esta pandemia e ganhar a batalha contra o vírus”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -