6 Julho 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioSociedadeSetúbal. Voluntários levam bens de primeira necessidade a casa de pessoas em...

Setúbal. Voluntários levam bens de primeira necessidade a casa de pessoas em situação de risco

Iniciativa da Comissão Municipal de Protecção Civil de Setúbal garante alimentação e medicamentos diariamente

 

- PUB -

Como forma de resguardar os setubalenses que pertencem a grupos de risco devido à nova pandemia, a Comissão Municipal de Protecção Civil (CMPC) de Setúbal organizou dezenas de voluntários para a distribuição de bens essenciais e medicação, entregues diariamente em casa da população. “À janela ou à porta de casa. É assim que muitos setubalenses têm recebido os bens de que mais necessitam para evitar saídas à rua que podem colocar em risco a sua saúde”, revela a autarquia em comunicado.

Os pedidos, efectuados através de uma linha de emergência criada pela CMPC de Setúbal contam com o contributo de voluntários ligados ao município do concelho, às juntas de freguesia da cidade e a várias entidades que possuem responsabilidades na área da intervenção social. Durante o período de isolamento contactaram a linha 800 212 216, número disponibilizado para o efeito, “perto de três centenas de pessoas, entre idosos com mais de 70 anos, doentes oncológicos e portadores de deficiência”, lê-se em nota de imprensa.

- PUB -

Para além destes, foram, também “integradas na rede situações de fragilidade económica, decorrente dos problemas gerados pelas situações de perda de emprego ou da capacidade de autofinanciamento”. Aos voluntários cabe a responsabilidade de anotar a lista de compras solicitada pela pessoa que ligue para o contacto telefónico, começando, assim, “uma rede de apoio que passa pela aquisição de produtos alimentares ou de higiene nos supermercados e de medicamentos nas farmácias”, estando concluída junta da porta, ou até mesmo à janela, do setubalense que solicitou o apoio.

Para além da entrega de produtos, os voluntários fazem questão de avisar a população. “Uma voluntária que entrega as compras diz “protejam-se e avisem se precisarem de alguma coisa” a uma idosa acompanhada pelo filho. A mulher sorri e o homem responde “Obrigado. É que não podemos sair de casa, sobretudo por ela, e isto é uma grande ajuda”, descreve o município na mesma nota.

De forma a integrar todos os que necessitem, a Câmara Municipal de Setúbal garante que “é possível que pessoas que não se enquadrem nos grupos de risco solicitem apoio”. Quando solicitado, “o pedido é analisado pela DISOC, Rede de Apoio Social, e pela junta de freguesia do requerente para eventual integração em redes de apoio de distribuição de alimentos e medicamentos”.

- PUB -

A Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal foi o local escolhido para o depósito de alimentos para distribuição.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP deteve em flagrante homem a furtar catalisadores

Dono de uma das viaturas alertou a PSP, que conseguiu interceptar o indivíduo no local

Programa Festas Populares São Pedro Montijo 2022

Consulte o programa na íntegra das Festas Populares de São Pedro, que arrancam na terça-feira (28 de Junho)

Pastelaria Abrantes fecha portas a poucos meses de fazer cem anos [actualizada]

Setubalenses têm recorrido às redes sociais para manifestar tristeza com a notícia, por se tratar de um espaço histórico
- PUB -