18 Maio 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioSociedadeQuinta dos Caninos em risco de conseguir suportar despesas de 200 animais

Quinta dos Caninos em risco de conseguir suportar despesas de 200 animais

Espaço em Palmela com custos mensais de 1 700 euros lança apelo à população para angariação de donativos

 

- PUB -

A Quinta dos Caninos, organização sem fins lucrativos dedicada ao resgate de animais abandonados, encontra-se a passar por dificuldades financeiras devido à proliferação da Covid-19. O espaço, sediado no concelho de Palmela, despende mensalmente cerca de 1 700 euros para alimentação dos 200 animais que ali habitam. Este valor, normalmente suportado por Mirjam Rouden, uma das proprietárias do espaço, não está a ser atingido pois o seu negócio pessoal “está em risco de fechar”, afirma Nelson Fidalgo, o responsável pela quinta.

“O Santuário Animal é um projecto pessoal. E nunca pensámos que chegasse às proporções que chegou. Hoje temos cerca de 120 padrinhos, que ajudam como podem. Por mês são entregues entre 600 a 700 euros e alguma alimentação”. A associação decidiu começar a pedir mais apadrinhamentos e donativos quando se associou à Animal Save, “pois foi também nesta altura que chegaram animais de grande porte à quinta”, afirma o proprietário. “Um valor que agora se revela insuficiente”, pois existem “custos inesperados, como em caso de doença”.

- PUB -

Desta forma, os dois proprietários decidiram deixar uma mensagem à população, através da rede social Facebook, na qual apelam “à angariação de donativos”, para o suporte das despesas. “Os custos não são apenas de comida mas também veterinários, com vacinações ou castrações. Pedimos ajuda mesmo por necessidade, pois não sabemos o tempo em que nos encontraremos em estado de emergência”.

Até ao momento a associação já conseguiu angariar “valores suficientes para garantir os dois próximos meses de alimentação”, mas “não chegam ainda para cobrir todos os custos associados”.

De Quinta a Santuário Animal

- PUB -

Quando o estado de emergência terminar, Nelson Fidalgo tem como principal objectivo “registar a Quinta dos Caninos como Santuário Animal, designação que só há pouco tempo foi legalizada em Portugal”. O espaço, em funcionamento há cerca de um ano e meio, “apenas está registado como organização sem fins lucrativos, mantendo sempre esta designação”. “Queremos um contribuinte próprio para a entrega dos donativos”, revela Nelson Fidalgo.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -