1 Agosto 2021, Domingo
- PUB -
Início Regional AISET reforça número de associados com entrada de quatro novas empresas

AISET reforça número de associados com entrada de quatro novas empresas

Reginacork, ATM, Euronavy e RWA, integram a associação que tem tido como causa o acesso da região aos fundos europeus

 

- PUB -

A Associação da Indústria da Península de Setúbal (AISET) foi reforçada com a entrada recente de quatro novos associados, revelou a associação ontem ao jornal O SETUBALENSE.

Reginacork , empresa com unidade de transformação de madeira no Pinhal Novo, a ATM, do Barreiro, que trabalha com várias industrias da região, a Euronavy, de Setúbal, e a RWA – Real World Automation, do Pinhal Novo, são as quatro novas associadas da AISET.

Para a AISET estas quatro novas adesões representam um forte reforço da associação, que vai robustecer a sua capacidade de actuação na defesa e valorização da actividade industrial na península. Estas empresas somam-se a outras duas recentes adesões, a Hovione e a Ascenza, que se juntaram à associação em Março.

- PUB -

“A AISET vê assim reforçada a sua representatividade e legitimidade na defesa da criação das NUT II e III Península de Setúbal, que o Governo se comprometeu a instaurar”, disse fonte da organização.

A AISET, que representa as principais empresas do sector da indústria da região, como a The Navigator Company, Sapec ou Secil, tem tido um papel de destaque na luta pelo acesso da Península de Setúbal aos fundos europeus.

Recorde-se que a região de Setúbal, por estar integrada na NUT II Área Metropolitana de Lisboa, considerada uma região rica nos critérios de Bruxelas, é negativamente discriminada na atribuição dos fundos de coesão.

- PUB -

Apesar de integrar uma NUT II com um índice de rendimento per capita superior à média europeia, a Península de Setúbal regista um nível de desenvolvimento e riqueza económica bastante inferior, com apenas 55% da média comunitária no que diz respeito ao rendimento por pessoa.

- PUB -

Mais populares

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

“Quero fazer esta época o jogo de despedida para depois assumir o cargo de treinador”

“Não me ofereço aos clubes e não peço favores a ninguém, se tiver que treinar será onde me queiram e onde acreditem em mim”, refere Paulo Catarino

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -