11 Agosto 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioRegionalFestival de Almada homenageia António Lagarto

Festival de Almada homenageia António Lagarto

Cenógrafo recebe o troféu da autoria de António Vidigal numa cerimónia marcada para a noite desta sexta-feira na Escola D. António da Costa

- PUB -

O Festival de Almada homenageia António Lagarto esta sexta-feira, numa cerimónia marcada para as 22 horas, no Palco Grande da Escola D. António da Costa, imediatamente antes do espectáculo Cânticos de barbearia, da companhia Narrativensaio-AC. O cenógrafo receberá um troféu da autoria de António Vidigal, sucedendo-se, assim, a Ricardo Pais, que foi homenageado no ano passado.

António Lagarto, cenógrafo, figurinista e artista plástico de renome nacional e internacional, é actualmente professor de Design de Cena na Escola Superior de Teatro e Cinema. Foi presidente da mesma instituição, tal como director e subdirector do Teatro Nacional D. Maria II, e director do Festival Internacional de Teatro – FIT, em Lisboa. Entre os prémios recebidos destacam-se o Se7e de Ouro 1989, o Garrett, tanto de 1989 como de 1987, e o prémio da Associação Portuguesa de Críticos de Teatro 1987.

Iniciou a carreira em artes performativas e environment/installation, mas a sua obra tem abrangido também as áreas de fotografia, filme, design, ilustração, design de exposições e arquitectura de interior. O seu trabalho de cenografia e figurinos, para teatro, dança, ballet e ópera, ao longo de 30 anos, tem sido apresentado nos Teatros nacionais (S. Carlos, D. Maria II, S. João e Companhia Nacional de Bailado) e em Teatros internacionais (Sadler’s Wells Theatre, Traverse Theatre, no Théâtre National de la Colline, Óperas de Paris e Turim, entre outros).

- PUB -

Dos seus trabalhos destacam-se: “Sonata de Outono”, de Ingmar Bergman, com Fernanda Lapa, “O Lago dos Cisnes”, para a Companhia Nacional de Bailado e apresentado em Madrid e em Banguecoque, “A Mais Velha Profissão, de Paula Vogel”, encenação de Fernanda Lapa, que ganhou o Globo de Ouro 2005 – Melhor Espectáculo, e ainda “Fausto. Fernando. Fragmentos.,” de Fernando Pessoa e “Ninguém: Frei Luís de Sousa”, de Almeida Garrett, ambas encenações de Ricardo Pais.

A Escola D. António da Costa tem patente uma exposição de homenagem intitulada “António Lagarto: Cenografias e figurinos” e ainda uma instalação, com curadoria de Pedro Mira, a que se deu o nome “Claustro – Fatia d’espaço”. Ambas são da autoria do homenageado deste ano do Festival de Almada e estarão presentes até dia 18 de Julho.

 

- PUB -

Programa do Festival de Almada para esta sexta-feira (14)

Tempestade

15h e 19h | Teatro-Estúdio António Assunção

Proyecto Voltaire (Espectáculo de rua)

20h | Rua Cândido dos Reis (Cacilhas)

Los Chapulines (Música na Esplanada)

20h30 | Escola D. António da Costa

Primeira Imagem

21h30 | Teatro Nacional D. Maria II

Homenagem a António Lagarto

22h | Escola D. António da Costa

Cânticos de barbearia

22h | Escola D. António da Costa

Bruno Pernadas (Música na Esplanada)

24h | Escola D. António da Costa

Comentários

- PUB -

Mais populares

Histórica estação rodoviária na 5 de Outubro vai dar lugar a supermercado Continente

Edifício está a ser alvo de estudos há cerca de uma semana, com o objectivo de abrir espaço do grupo Sonae

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos
- PUB -